Arquivo da tag: Carlos Sainz

O primeiro teste

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

É bom ver o BloGP de roupagem nova. Em breve, lá estará ele todo pimpão em nova casa, como os blogs do Flavio Gomes e do Victor Martins, além do glorioso Grande Prêmio. Mas esse assunto fica para mais tarde.  Hoje a bola da vez é WRC.

Agora é pra valer! A Volkswagen começou a bateria de testes com seu novo carro visando a estreia no Mundial de Rali de 2013. O Polo R, apresentado à imprensa no fim de semana do Rali da Itália, foi guiado pelo bicampeão mundial do WRC, Carlos Sainz, na Alemanha, em base próxima à cidade de Veldenz. O espanhol teve ao seu lado o navegador Timo Gottschalk, que foi copiloto de Nasser Al-Attiyah quando o príncipe disputou o Dacar pela Volkswagen, entre 2009 e 2011.

Dr. Ulrich Hackenberg, membro do conselho de administração do departamento de tecnologia da montadora, também guiou o belo e futuro modelo do WRC, que competirá contra Citroën, Ford e Mini, esta, muito bem com Dani Sordo e Kris Meeke nas últimas provas da atual temporada.

O modelo se comportou bem para um teste inicial. A programação da Volks para os primeiros dias de atividades na Alemanha compreenderam o percurso de aproximadamente 100 km. Tudo funcionou bem: motor, suspensão e câmbio não apresentaram grandes problemas.

‘El matador’, falou sobre a chance de guiar a Volkswagen nessa nova fase visando o WRC. “Ter o privilégio de pilotar os primeiros km é uma grande honra para mim. O carro ainda está em fase inicial, mas já passa boas impressões. Para toda a equipe, sejam engenheiros, mecânicos ou pilotos, é muito importante conhecer o carro o mais rápido possível para poder testá-lo e seguir seu desenvolvimento. Estou curtindo muito testar o novo Polo R WRC”, disse Sainz, que já deixou claro que não pretende voltar a competir, desejando apenas trabalhar como desenvolvedor do novo carro e como consultor da Volkswagen.

Vale lembrar que a Volkswagen já fez sua estreia como equipe do Mundial de Rali neste ano. Com o propósito principal de treinar a equipe, os dirigentes do time de Wolfsburgo estão trabalhando com o Skoda Fabia e, em cada etapa da temporada europeia do WRC, contam com pilotos, geralmente locais, para ajudar no trabalho de desenvolvimento da equipe.

Trata-se de um projeto ambicioso e que prevê milhares de quilômetros de testes no fim deste ano e ao longo de todo o ano de 2012, visando a estreia na temporada seguinte. Falta a definição dos pilotos. Sébastien Loeb revelou que ficou tentado em trocar de equipe, gostou do projeto do time de Wolfsburgo, mas preferiu ficar na Citroën. Os mais cotados agora são Petter Solberg e Sébastien Ogier.

Já Nasser Al-Attiyah, campeão do Rali Dacar em 2011, deu adeus à Volkswagen no meio de 2011, até de maneira surpreendente, e seu futuro é incerto. Não se sabe se ele estará no WRC na próxima temporada, ou mesmo no Dacar. Fala-se também que Nasser está negociando com Jean Louis Schlesser para disputar o maior rali do mundo com buggy, mas ainda não há nada certo.

Incertezas à parte, o que dá pra dizer é que, seguramente, a Volkswagen vai lutar por vitórias e pelo título do WRC em pouco tempo. Seu histórico vencedor no Dacar prova isso. A Mini, que fez trabalho de preparação semelhante, também está aí, bem na fita, e já consegue enfrentar a Ford e andar perto da Citroën, o que é uma façanha, visto que a equipe anglo-germânica ainda nem fez uma temporada completa.  Com quatro montadoras bem competitivas, é só o rali que tem a ganhar. Chega logo, 2013!

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=8gFSOJsKvnk

Tags: , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Presente inesperado

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva1]

SUMARÉ — Nasser Al-Attiyah é um dos principais pilotos de carros do Rali Dacar em 2011. Vice-campeão da prova no ano passado, o príncipe-herdeiro do Catar obteve bons resultados em outras provas, como por exemplo, no Rali dos Sertões de 2009, quando também terminou em segundo, andando sempre próximo do ritmo do campeão Carlos Sainz.

Apesar de Nasser ser membro da família real de um dos países mais ricos do mundo, o piloto é considerado uma das pessoas mais simpáticas e acessíveis do meio ‘ralizístico’, conforme apurei em conversas com o pessoal que cobriu o Sertões em 2009. Sua postura agressiva dentro das pistas e extremamente generosa fora delas lhe rendeu muitos fãs. E um deles quis render uma homenagem a Al-Attiyah.

O jovem Orlando esteve presente no acampamento de Iquique, onde os pilotos concediam entrevistas aos veículos de todo o mundo. Munido de uma enorme bandeira do Catar, o chileno furou o bloqueio da segurança e seguiu aos boxes da Volkswagen para pegar uma foto e um autógrafo do príncipe.

“Nasser é o príncipe do rali. Queria lhe render uma homenagem. Também o faço pelo meu pai, que também é um grande admirador seu”, disse Orlando. O gesto emocionou Al-Attiyah, que após pedir o telefone do garoto para contato, convidou este e também seu pai, para conhecer seu palácio em Doha, capital do Catar. O chileno não conteve a emoção. “É um sonho que virou realidade. Não acredito. A única coisa que queria era uma foto. Apenas uma foto com ele”.

A generosidade de Nasser não é novidade. No mesmo Sertões de 2009, o carro de uma das melhores duplas femininas do Brasil, formado por Helena Deyama e Joseane Koerich — irmã de Marlon Koerich, que disputa o Dacar deste ano ao lado de Emerson Cavassin — pegou fogo em pleno sertão, sendo completamente destruído pelas chamas. Obviamente arrasadas com a má sorte e tendo o prosseguimento da carreira em xeque, as meninas também receberam um presente inesperado: um cheque de US$ 20 mil assinado por Nasser para comprar um novo carro. Como retribuição pelo gesto do piloto, a dupla o homenageou na edição de 2010, batizando o novo carro de Príncipe.

Tags: , , , , , , | 7 Comentários