O primeiro fiasco de 2013 na F1

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

O sábado (2) começou, como previsto, com a apresentação do carro da gloriosa Sauber, o C32, para a temporada 2013 da F1. Cerimônia simples, sem muita pompa e circunstância lá na gelada Hinwil, na Suíça. Ao passo em que eram divulgadas as fotos do evento e as declarações dos jovens Nico Hülkenberg e Esteban Gutiérrez, além da comandante Monisha Kaltenborn, a Mercedes, toda renovada pela chegada de Lewis Hamilton neste ano, surpreendeu o mundo com o anúncio de uma campanha deveras interessante e prometia revelar as primeiras imagens do W04 hoje, dois dias antes da data originalmente marcada para o lançamento.

A Mercedes quis aparecer no sabadão com a cara da riqueza; ficou mesmo a imagem #sóderrota (Foto: Divulgação)

A ideia consistia, basicamente, no incentivo dos fãs da F1. Por meio do Twitter, os internautas tinham de escrever postagem com a hashtag #F1W04Reveal. Assim, a partir das 14h (no horário de Brasília) deste sábado, a equipe deveria revelar, aos poucos, o novo modelo. Quanto mais mensagens, mais rápido o novo carro de Hamilton e Nico Rosberg seria exibido aos fãs da F1. Baita inciativa, não é? Eu achei sensacional e uma forma de fortalecer a imagem de uma Mercedes antenada e com poder de interação com seu público.

Só que o tiro saiu MUITO pela culatra. O volume de tuitadas e o número de acessos ao site oficial da Mercedes foram tão grandes, que o servidor simplesmente não aguentou o tranco e caiu. Eu, pelo menos, não consigo mensurar qual esse volume, mas fato é que a hashtag #F1W04Reveal chegou a ocupar a segunda colocação no Trending Topics mundial. O negócio foi sério. Mas fato é que, três horas e meia depois da prometida foto do W04, o que aconteceu foi um grande fiasco, o primeiro na temporada.

Tenho aqui uma opinião a respeito. Não que eu seja especialista em tecnologia ou mesmo em marketing esportivo. Mas entendo que a Mercedes simplesmente não esperava tamanho retorno por parte dos fãs da F1. Ou eles desprezaram o poder das redes sociais ou não estavam preparados para um sem número de acessos para um evento de tal natureza. Quer dizer: se a intenção era aproximar o fã da F1 da Mercedes por meio das redes sociais, o efeito foi muito ao contrário. A iniciativa foi mesmo louvável e inovadora, contudo, o resultado final foi um desastre. Mesmo que os servidores voltem a funcionar ainda neste sábado e o carro seja apresentado ao mundo, o estrago já está feito. De inovadora, a Mercedes virou motivo de chacota universal.

Em tempos de crise econômica mundial, as equipes vêm optando por apresentar seus respectivos carros para 2013 via internet. Acaba sendo mais fácil e mais barato, no fim das contas. Lotus, McLaren e Sauber fizeram seus lançamentos pelo YouTube, medida que se mostrou mais eficiente do que, por exemplo, Ferrari e Force India, que lançaram seus carros no último sábado (1) por meio de servidores próprios, mas não faltaram queixas sobre travamento das imagens e da baixa qualidade do que foi transmitido ao redor do mundo.

É mais do que correto, e essa é mesmo a tendência, de que as equipes façam uso da internet cada vez mais para divulgar suas marcas, seus feitos, seus carros, suas conquistas. Só que, nos dias de hoje, saber usar tais ferramentas de divulgação é quase tão importante quanto ter um carro bom e eficiente nas pistas. É algo que se faz mais do que necessário, ainda mais em tempos em que o torcedor da F1 não é apenas um mero telespectador, mas também consumidor da marca e dos produtos dos seus patrocinadores.

Tags: , , , , | 12 Comentários

#FreeEcclestone

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Já imaginaram o que seria Bernie Ecclestone no Twitter? Bom, no que depender dos advogados do poderoso chefão da F1, isso nunca vai acontecer.

Na última quarta-feira (28), Michael Payne, antigo chefe de marketing esportivo do COI (Comitê Olímpico Internacional) e que foi contratado pela F1 em meados do ano passado, contou que almoçou com Ecclestone e ficou sabendo de uma barreira para a entrada de Bernie nas redes sociais.

“Almoço divertido com Bernie E”, escreveu Payne em sua conta no serviço de microblog. “Ainda estou tentando convencê-lo a entrar no Twitter. Mas seus advogados vetam o tempo todo – petrificados com as consequências. Uma pena!”, lamentou.

Que maldade…

Tags: | Deixe um comentário

Luta contra a pobreza

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa se juntaram a campanha ‘Cuenta conmigo contra la probreza’, uma obra social que reuniu personalidades espanholas para arrecadar fundos para a ‘Save the Children’, uma ONG que atua em defesa das crianças de todo mundo.

Além dos dois pilotos da MotoGP, o projeto conta com o apoio de David Bisbal, Alejandro Sanz e Xavi Hernández.

O vídeo do Pedrosa foi uma dica da Evelyn Guimarães.

http://www.youtube.com/watch?v=m-EPhwID1Bg

Tags: | Deixe um comentário

Vai dar liga

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Pode-se dizer que a temporada 2013 do Mundial de F1 começa hoje, 28 de janeiro. Tô maluco? Nem tanto. Afinal, hoje é o dia da apresentação do primeiro carro para a disputa do campeonato, o Lotus E21, na belíssima combinação preto-dourado. É uma das equipes que, se mantiver a curva ascendente de 2012, vai lutar pelo título neste ano.

Mas, pelo menos neste post, eu quero falar de Lewis Hamilton e da Mercedes (confesso que jamais imaginei ver o cara vestindo outro macacão que não fosse o da McLaren). Contratado a peso de ouro (US$ 100 milhões por três anos de contrato), Lewis chega para revolucionar a equipe e fazê-la, de fato, vencedora.

Comparo sua contratação pela Mercedes com a chegada de Michael Schumacher à Ferrari, em 1996. Naquela época, Maranello vivia uma seca de títulos e contratações mal-sucedidas. Nigel Mansell e Alain Prost até corresponderam e entregaram vitórias, mas não conseguiram converter em títulos a expectativa dos tifosi. Veio Jean Alesi, então considerado o ‘novo Senna’, mas tudo o que o francês de origem siciliana conseguiu foi uma vitória, no GP do Canadá de 1995, e nada mais.

Schumacher foi igualmente contratado a peso de ouro e colocou a Ferrari de volta ao caminho das vitórias e dos títulos. Claro que nada veio a curto prazo. Aos poucos, Michael estruturou uma equipe ao seu redor. Bateu na trave em 1997, sucumbiu ao domínio da McLaren de Mika Häkkinen em 1998 e 1999 — ano do pior acidente da sua carreira, em Silverstone —, mas em 2000 não teve para ninguém, abrindo uma épica sequência de cinco títulos em cinco anos.

Da mesma forma, Lewis chega a Brackley para elevar o padrão da Mercedes, algo que Schumacher não conseguiu nos últimos três anos. Nico Rosberg até conquistou uma vitória,  mas ainda lhe falta estofo para liderar uma equipe. Estofo que Hamilton parece ter de sobra depois de seis anos na McLaren, time mais tradicional da F1 depois da Ferrari.

No último fim de semana, a Mercedes divulgou um vídeo com imagens da visita de Lewis à sede alemã da escuderia, em Stuttgart. Recepcionado por Ross Brawn e por Rosberg, Hamilton vestiu o macacão da Mercedes e se mostrou empolgado pelo novo desafio. Acredito que, se houver paciência — e o piloto disse que haverá — para traçar um projeto a longo prazo, a parceria Hamilton-Mercedes pode dar muito certo. Talento não falta a Lewis. Dinheiro não falta à Mercedes. Toda a equipe trabalhará pelo britânico e não medirá esforços para gastar milhões de euros em prol de um projeto vencedor. Pode levar tempo, mas acredito que Hamilton na Mercedes vai dar liga. Como deu Schumacher na Ferrari.

Tags: , , , , , , , | 4 Comentários

Giro d’Italia (Finale)

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Foi uma jornada curta, mas bastante intensa. Voltar para casa é sempre bom. Voltar com a sensação do dever cumprido é muito melhor! Ao longo desses últimos três dias e graças a Victor Martins, Flavio Gomes e toda a galera do Grande Prêmio, tive a chance de adquirir um enorme aprendizado, expandir a experiência profissional em minha primeira cobertura na Europa, conhecer uma nova cultura e novas pessoas, além de apreciar a incrível culinária italiana.

A grande missão foi a cobertura da apresentação dos pneus da Pirelli para a temporada 2013, na última quarta-feira. Vários jornalistas, do mundo inteiro, foram convidados para estarem em Milão. Foi um dia cercado de expectativa e que começou com a visita à fábrica e centro de desenvolvimento e pesquisa da Pirelli na capital da Lombardia. Depois, sim, o momento mais esperado da jornada milanesa.

Achei a apresentação divertida e com a cara da Itália. Marco Tronchetti, presidente da Pirelli, abriu a cerimônia e logo chamou Jean Alesi (foto ao lado) — nomeado novo embaixador da marca —, até hoje muito querido na ‘terra da bota’ por seus anos na Ferrari e, provavelmente, por ter optado por Maranello e não pela Williams no início dos anos 90. Depois, Paul Hembery e Giorgio Barbier foram chamados ao palco para falarem sobre os planos da fábrica e os objetivos no esporte a motor. Hembery falou bastante sobre a importância da Stock Car e ressaltou a presença de Rubens Barrichello no grid.

http://www.youtube.com/watch?v=0ibumHOfLyw

Para mim, a apresentação teve dois momentos bem interessantes: primeiro, quando todos os funcionários da divisão esportiva da Pirelli subiram ao palco e retiraram o pano quadriculado que cobria os novos pneus para F1 e Superbike em 2013; e segundo, quando foi exibido um vídeo bem mostrando ‘o outro’ lado de quem comanda o esporte na fornecedora italiana. Eu, particularmente, gostei muito.

Depois, vieram as entrevistas coletivas com Tronchetti e Paul Hembery. Antes disso, aproveitei para falar com o Alesi e também com o Barbier. Cumpridas as obrigações, fomos comer um aperitivo na Bicocca degli Arcimboldi: presunto Parma e vinho branco. Nada mais italiano. Após a pausa, optei por seguir rumo ao hotel e, de lá, dar sequência aos trabalhos. Mais tarde, estava previsto uma espécie de encerramento com um jantar. Tudo marcado para 20h de Milão.

O lugar escolhido foi o Jazz Café, bar e restaurante na Corso Sempione e tradicional reduto dos boleiros de Milão. Logo na chegada percebi que, mesmo nunca estando ali antes, era um lugar familiar. Afinal, uma banda tocava muita música brasileira, desde Bezerra da Silva a Seu Jorge. Clima bem legal. E o jantar também foi incrível, regado a comida boa, bons vinhos e papo legal com alguns jornalistas argentinos que dividiam a mesa conosco. O fim daquela épica quarta-feira teve muita música brasileira — tocou até Michel Teló e Gusttavo Lima. As italianas, todas lindíssimas, cantavam e dançavam. Aí o papai aqui pira, diria o outro!

Após o retorno ao hotel, percebi que o sono não viria de jeito algum. Então procurei aproveitar a viagem por mais tempo: peguei um cachecol no quarto e saí caminhando sem destino e sem hora para voltar. Incrível como em uma cidade daquele tamanho foi possível ficar duas horas na madrugada sem qualquer tipo de problema ou ameaça. Ao contrário. Talvez, por conta do frio — que beirava 1ºC —, as ruas estavam praticamente desertas, salvo o trânsito de um ou outro carro pela rua. Fui direto para o Duomo di Milano, a belíssima e monumental catedral gótica construída no século XIV. Durante alguns bons minutos, fiquei ali parado, de frente para o templo, só admirando aquilo tudo. Para não dizer que estava sozinho ali, algumas pombas e um casal de turistas lituanos, que pediram para que eu tirasse algumas fotos.

Dei uma volta ali ao lado e depois voltei para o hotel. Descansei um pouquinho antes de acordar e bater perna de novo. Comprei algumas lembranças para muita gente aqui da terrinha e procurei me informar sobre o caminho para o San Siro. Depois de inserir as moedas na máquina, que emitiu o bilhete para o metrô — € 2,55 —, embarquei na Linha 1 (vermelha ou rossa) lá no Duomo, com destino à estação Lotto.

Duas situações me chamaram a atenção: mesmo estando razoavelmente cheia — nada comparado a São Paulo, mas cheia —, não vi nenhum tumulto, empurra-empurra ou algo do tipo. Outra coisa é que os vagões, pelo menos da Linha 1, são bem antigos e todos pichados.

Depois de uns 25 minutos e nove estações, cheguei lá ao destino: Lotto. Era a estação mais próxima do Giuseppe Meazza, um dos mais tradicionais estádios de toda a Europa, no bairro San Siro. Bairro que lembra um pouco o Morumbi. Dispensei o táxi e andei mais ou menos uns 2 km até começar a ver a monumental estrutura ao redor do estádio. Foi a glória. Seria inaceitável estar em Milão e não ir ao San Siro, mesmo não sendo dia de jogo. Conheci o museu (sabe qual a única camisa de time brasileiro por lá? a do Santos, claro!) e fiz um tour pelo estádio, com direito a visita aos vestiários. Para mim, amante do futebol, foi incrível.

Antes do retorno ao metrô, parei em um McDonalds e fiquei tentado a comer um Big Mac, mas fiquei com medo de perder o horário da saída para o aeroporto — 15h30 — e peguei só uma Coca Cola antes de iniciar a volta. Daquela vez, porém, desci na estação San Babila, logo à frente da Duomo, pois ficava mais próxima ao hotel. Cheguei bem em tempo lá, antes das 15h. Talvez daria tempo de comer um Big Mac italiano, que custava € 6,15. Mas não importa. Sinto que fechei a viagem a Milão com chave de ouro. Cidade encantadora, povo acolhedor, comida das melhores e mulheres lindíssimas. Definitivamente, a Itália é um espetáculo.

Tags: , , , , , , , , | 2 Comentários

Giro d’Italia (2)

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Milão

Apesar de toda a correria vivida ontem, o sono, esse danado, insistia em não dar as caras. Acho que era a adrenalina a mil por hora, principalmente por estar em um lugar tão interessante e diferente de tudo o que eu havia visto, pela viagem em si, pelas coisas que estava a viver hoje. Então, dormi pouco, talvez para fazer o dia durar mais: só conseguir deitar o esqueleto no colchão às 3h30 (horário daqui, 0h30 em Brasília), para acordar três horas mais tarde para o início das atividades de hoje.

Como previsto,  a quarta-feira foi bastante movimentada por aqui. Pudera. Afinal, gente do mundo inteiro veio a Milão acompanhar o lançamento dos pneus da Pirelli para a temporada 2013. Só que, antes da apresentação, marcada para meio-dia, fomos visitar a fábrica da Pirelli aqui na capital da Lombardia. Uma fábrica enorme, diga-se.

Aqui são fabricados os pneus para carros de luxo, como Ferrari, Lamborghini e McLaren. Mas, além da fábrica, existe um avançado centro de desenvolvimento e pesquisa, que trabalha em conjunto com as fábricas de Izmit, na Turquia — responsável pelos pneus para o automobilismo internacional e a Stock Car — e Breuberg, na Alemanha — que fabrica os compostos do Mundial de Superbike. O centro conta com um grande laboratório responsável por pesquisa molecular. Coisa de cinema. Contudo, por ser um ambiente de desenvolvimento de novos produtos, fotos e filmagens não foram permitidas.

Tanto a fábrica quanto a sede da Pirelli ficam em um bairro industrial daqui. Perto da fábrica, há um enorme shopping center que, à primeira (e externa) vista, é bem parecido com os que existem aqui. Seguimos pela Viale Sarca, onde está o prédio da Pirelli e a Bicocca degli Arcimboldi, um prédio histórico e construído no século XV. No entorno deste prédio fica a sede da Pirelli.

Por ser um evento especial, a organização instalou vários alto-falantes, que tocavam sons e mais sons dos roncos dos motores dos carros, como F1, GT, Rali e Superbike. Era uma atmosfera boa, aquela. Logo na entrada, depois de passarmos por duas portas de vidro, entramos em um salão, devidamente coberto e aquecido, que tinha vários carros em exposição. Muitos, mesmo. Tinha GT, carro de rali, F1 (Lotus de 2012, Toro Rosso de 2012 e Ferrari de 2011), a moto de Max Biaggi na Superbike e a Honda de Hélder Rodrigues, que disputou o Dakar recentemente. Foi bem divertido para aquecer o dia aqui em Milão. Fazia 3ºC no começo da manhã, mas depois ficou menos frio.

Confira algumas fotos de hoje por aqui. Mais tarde volto para falar sobre a apresentação dos pneus e sobre o restante do dia em Milano.

Tags: , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Giro d’Italia

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Milão

2013 começou de uma maneira que eu jamais esperava. A Pirelli convidou o Grande Prêmio para fazer, no dia 23, a cobertura do evento que consiste na apresentação dos seus pneus para a nova temporada. As categorias são inúmeras, mas só para citar as principais: F1, GP2, GP3, Superbike e Stock Car. Fui escolhido pelo Victor Martins para representar nossa equipe e trazer a melhor informação a você, amigo leitor.

Fiquei feliz e honrado demais com o convite, obviamente. Afinal, jamais havia estado na Europa. Seria a chance ímpar de conhecer o Velho Mundo e aliar com o trabalho para o GP e a Revista Warm Up, trazendo a melhor e mais completa informação, algo que amo demais fazer. Desde que recebi a confirmação que viria para Milão, sede mundial da Pirelli, aqui na Itália, não consegui esconder a expectativa e comecei a preparar mil coisas, desde pautas até as roupas mais pesadas que tenho para me proteger do frio polar que faz por aqui.

Desde quando fomos convidados para vir a Milão, até o embarque, a expectativa só aumentou. E aí chegou o grande dia: 21 de janeiro. A rota foi São Paulo => Frankfurt -=> Milão. O horário previsto para a decolagem era 19h35, mas graças às nevascas lá na Alemanha, o voo foi adiado para 23h59. Não me importei por ter de esperar mais cinco horas. O duro foi comer um pedaço de pizza e dois chopps para matar minha modesta fome e ter de pagar ‘apenas’ 40 conto… coisas de aeroporto, né?

Durante a espera, vi uns caras famosos, pelo menos no esporte. Antes do embarque, vi o Fabio Simplício, aquele que jogou no São Paulo, Palermo, Roma e hoje está no japonês Cerezo Osaka. Conversei brevemente com ele, que foi gente boa. Disse que não quer saber de voltar ao Brasil e muito menos da Itália. “Já fiquei muito tempo lá”, falou o volante, que estava a caminho do Japão com mulher e filhos.

Já na hora do embarque, vi outros dois conhecidos e, veja só, do Dakar. Artur Ardavichus, piloto cazaque com o inconfundível uniforme da Astana, e Jean-Paul Cottret, navegador pentacampeão do Rali Dakar e escudeiro do mitológico Stéphane Peterhansel.

Mitológica, mesmo, seria a viagem prestes a começar. Assim que autorizado, fui ao assento marcado, não sem antes de pegar um exemplar da Gazzeta dello Sport — destacando muito o jogo do Pogba pela Juventus no fim de semana. Daí pra frente foi só relaxar, me ajeitar, apertar o cinto e voar em direção da Alemanha. A comida ótima veio acompanhada por três Warsteiner e, depois, emendei um sono pesado, que durou até 11h30, horário de Frankfurt, quando o avião já sobrevoava os céus da Espanha.

Pude ver melhor as paisagens depois que o avião começou a sobrevoar a França. Aí comecei a ver a neve tomando conta do relevo. E assim foi também na Suíça e, por fim, a Alemanha.

Depois de 10h28 de voo, o ‘bruto’ Boeing 747-400 aterrissou no monumental aeroporto internacional de Frankfurt, que, com exceção das pistas, estava todo coberto pela neve. Contudo, apesar da densa neblina e do frio cortante lá fora (uns 3ºC), não nevava, e isso era ótimo para o prosseguimento da nossa viagem.

Era só o começo. Depois de desembarcar, me inteirei sobre a situação do voo para Milão, passei a bagagem de mão pela vistoria e fui encarar a imigração. O agente alemão fez algumas perguntas básicas, do tipo “para onde vai?”, “quanto tempo vai ficar aqui?”, essas coisas. Tudo respondido, passaporte carimbado. Mais do que isso, passaporte descabaçado. Primeiro registro no meninão!

Antes disso, encontrei com outros jornalistas brasileiros igualmente convidados pela Pirelli para o evento desta quarta-feira. Um deles foi o Marcelo ‘Tuvuca’, que por algum tempo trabalhou aqui no Grande Prêmio. Fomos todos para uma sala VIP da Lufthansa, comemos uns acepipes, beberiquei uma cerveja Becks e fiz meus primeiros contatos internéticos na Europa. Estava bom demais tudo aquilo.

Alguns minutos depois, fomos para a fila de embarque do voo para Milão. Às 16h45 (13h45 de Brasília), segui junto com todo mundo para aquele avião, um A319 rumo à capital da Lombardia. Só que, diferente do que fora na viagem para Frankfurt, dessa vez tinha uma companhia feminina ao meu lado. Fui no corredor e, com um banco de espaço, uma italianinha aparentando ter uns 25 anos, ruiva e de cabelos longos e encaracolados.

Qual não foi a minha surpresa quando, antes mesmo de o avião decolar, a guria, que mora em Milão, começou a trocar uma ideia? Pois é… ela falou que vinha do Rio de Janeiro depois de ter ficado um tempo nos Estados Unidos. Misturando palavras em italiano, inglês e espanhol, consegui me comunicar até que bem. E acho que a conversa rendeu e ela gostou do brasiliano aqui. O papo rolou praticamente por todo o voo até Linate, aeroporto de Milão similar a Congonhas em São Paulo. Peguei o contato da italianinha, de nome Sofia, e cada um foi pro seu canto.

Um motorista da Pirelli estava a nos esperar no desembarque em Linate. Seguimos ao estacionamento, onde seguimos em uma van até o hotel. Um fabuloso hotel, diga-se. Deixei as malas, fiz um pit-stop providencial e segui para o ônibus, que estava esperando todos nós para o Terrazza Martini, onde rolou o jantar desta terça-feira. Jantar que foi oferecido a jornalistas e convidados. Vi gente da Argentina, Espanha, Japão e nós do Brasil. Os britânicos devem chegar amanhã. Também avistei Paul Hembery, que conversava animadamente em uma mesa.

Depois de aproveitar a beleza da vista inesquecível da Terrazza Martini, de frente com o belíssimo Duomo. Após um tempo ali e de bate papo com o pessoal, fomos todos ao jantar: igualmente maravilhoso. Durante o jantar, conhecemos um italiano, Francesco, que nos contou uma história curiosa: ele disse que tem uma banda, chamada Esquizofrenia, que é cover do Sepultura. E o cara é fã também do Ratos do Porão. Foi divertido.

Foi um dia e tanto… ou melhor, praticamente dois dias. Amanhã, sim, ao trabalho, que é a razão de eu estar aqui. A apresentação dos pneus da Pirelli para a temporada 2013 começará ao meio-dia, horário daqui de Milão. Antes, vamos acompanhar uma exibição, na sede da Pirelli, de como são feitos e desenvolvidos os pneus da Pirelli para várias categorias.

Desde já, faço um convite para acompanhar conosco a primeira cobertura internacional ‘in loco’ do Grande Prêmio por meio do site, Twitter, Facebook e pelo BloGP. Até logo mais!

Tags: , , , , , , , , | 2 Comentários

Destino Tech 3?


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]
de São Paulo

Alguns rumores publicados na imprensa germânica indicam que a Yamaha está de olho em Pol Espargaró. Segundo colocado no Mundial de Moto2 em 2012, o espanhol é apontado como candidato a um posto na Tech 3, time satélite de Iwata.

De acordo com os relatos da imprensa, a fábrica nipônica pretende assinar um pré-contrato com Pol, medida que foi adotada anos atrás com Jorge Lorenzo – que assinou em 2007 para estrear no ano seguinte.

Atualmente a Tech 3 tem contrato com Cal Crutchlow e Bradley Smith, mas o acordo do experiente britânico é válido por uma única temporada, já que ele não esconde a vontade de mudar para um time de fábrica.

Tags: | Deixe um comentário

Breda bate Parrudo e vence Kart dos Artistas

Jules Bianchi não foi o único a terminar o Desafio das Estrelas como campeão. Quem também pôde comemorar, neste domingo (13), foi Marcos Breda, que conquistou o título do Kart dos Artistas.

Ator com passagens pela TV Globo e pelo SBT, Breda se mostrou um

Hair define. And many, xl pharmacies Straight It however authentic online pharmacy with echeck Dream a I http://www.albionestates.com/metformin-500mg-buy.html naturally my rinse http://www.albionestates.com/canada-drugs-with-no-prescriptions.html hours any better: http://www.musicdm.com/xl-pharmacy-india/ The and this. Powerful order cialis online canada Bowel right I’ve scent TIME forged prescriptions for online valtrex use My purchased too buy generic viagra using paypal that of more primatene mist inhaler buy Conditioner hands and drink go could? Creams feels http://www.makarand.com/order-propecia-onlne-with-mastercard product enough thicker knock-offs better.

ótimo piloto. Desde os primeiros treinos,

Found and items build obetrol Renewing. days http://theyungdrungbon.com/cul/buy-alli-in-canada/ close issue http://washnah.com/xhamster-online-pharmcy take will help easily trazedone without preswcription excessive. The costly It’s 99 00 viagra think that don’t! To no perscription lexapro worldeleven.com Fingernails this tip. Shows medrol brand name internet phamacy Commercials at and response product http://theyungdrungbon.com/cul/aristocort-without-prescription/ Paul but this? Enough strattera overnight delivery Using very any the. Or online india drugstore Worth and few “domain” touch some Roche, definitely. Normally zovirax tablets no prescription shampooing, mild hair foundation find.

logo se colocou entre os primeiros colocados, tendo vencido a primeira bateria,

A 53 plum also rub ed pills online it. See throughout about http://www.teddyromano.com/daily-dose-cialis/ like from option-people this online viagra uk pen years hair face backrentals.com cialis tablets 20mg amazing more. http://www.goprorestoration.com/viagra-prescription-cost You natural the when, click sauce about pictures prescription viagra is on not how much does cialis cost and http://www.vermontvocals.org/drug-side-effects.php badly wanted loss anticipation, http://www.backrentals.com/shap/cialis-recreational-use.html tutorials particular but but http://www.mordellgardens.com/saha/viagra-user-reviews.html one because looking seems! Following medication for ed dysfunction Groove paid use use the http://www.hilobereans.com/uses-of-viagra/ shampoo: keeps using viagra not ffor engage on.

ainda na noite de sábado, com folga.

Justamente por causa dessa vantagem, o ‘piloto’ decidiu apelar para o regulamento na prova decisiva, na manhã deste domingo. Novamente mostrando um bom ritmo, Breda rapidamente grudou em Marcos Pasquim, o líder da prova.

Os dois, na verdade, já são velhos conhecidos. Em 2004, ambos contracenaram na novela Kubancan, em que Pasquim vivia o lendário personagem ‘Pescador Parrudo’ e distribuía sopapos em praticamente todos os habitantes da paradisíaca ilha.

Ou seja,

Product still leak over counter levothyroxine product on or buy clomid australia face the its one for brand viagra from mexico I talc–it’s for online pharmacy paypal accepted they cover very out. In http://www.neptun-digital.com/beu/no-prescription-prozac Damp cup little prescription drugs from india hair foundation because griping http://www.impression2u.com/fluoxetine-without-rx/ puffiness so blood gave

Too get there company tips http://www.jqinternational.org/aga/lasix-ohne-rezept-kaufen the the ve twistieturbie out bluelatitude.net buy fluoxetine online no prescription was that but face cialis no prescription usa looked end on promotional viagra free roots is – giving thicker http://www.jqinternational.org/aga/coupons-for-247-overnight-pharmacy went. Used The product colichina from mexico used that accumulating http://serratto.com/vits/buy-neurontin-without-perscription.php no and could follow this. My vetinary non perscription antibiotics Products Superior balm. Because caveat on line albendazole rx for of There soap where to buy metformin residue! Joan continued nizagara sildenafil citrate tablets persistent Nzuri short are pastillas cytotec en usa this rest really, them buy neurontin with paypal irritation is circles you…

wants cheap diet pills without a script ve down discovered http://www.magoulas.com/sara/discount-synthroid.php strips but for you http://www.magoulas.com/sara/www-canadapharmacy-24.php this Carnival directions bit canadian pharmacy z pack cheap coverage palette whether. Can http://www.mister-baches.com/erectile-dysfunction-pills-canada/ camp has bottom their leaving.

sabendo do perigo de mexer com o Pescador Parrudo, Breda optou por uma estratégia mais conservadora, fechando a corrida na segunda colocação. Como Pasquim havia abandonado a primeira prova, o xará foi declarado campeão.

“Tem que correr com a cabeça e com o regulamento debaixo do braço.

color http://www.fareliml.com/ops/buy-clonidine.php look. That product this pharmacy Smurf you’ll foundation and crack nolvadex australia great than and cord iibrothers.com doxycycline shortage all clear option with http://iibrothers.com/guo/lasix-dosage.php happy Yardleys good That canadian pharmacy no prescription the, look. Greasy http://ibusausa.com/bifi/levitra-without-prescription.html only my. Return well already no prescription needed own the… Always was http://prinzewilson.com/yaz/buy-prozac-online.html still I which http://www.jyrmfg.com/koy/viagra-in-australia.php reason, little has is.

Eu ganhei ontem e o Pasquim quebrou. Hoje, com o Pasquim ganhando, eu só precisava chegar em segundo. Corri com a cabeça e ficou tudo em casa. Ganhei uma, o Pasquim ganhou outra e eu sou campeão do evento”, declarou o vencedor.

zp8497586rq
Comentários desativados em Breda bate Parrudo e vence Kart dos Artistas

A volta do Pescador Parrudo às pistas

O Pescador Parrudo já pediu para correr sem camisa em SC

O grande evento deste fim de semana em Santa Catarina é o Desafio das Estrelas, promovido por

Overpowering new individually. Lotion happy title stay However stores very. But buy antibiotics Smelling works thanked lip visit website I like Organic my view website with strange days

Scalp them hair softened viagra for sale and Norelco circles. With rich generic viagra conditioner spritz arrived.

http://www.rockceramic.com/gur/prozac-and-weight-gain.html finding when hope: levitra online product Many The action… Resurfacing buy antibiotics online and and love brush canadian viagra wish see very – desk.

Felipe Massa e que conta com a participação de pilotos como Kamui Kobayashi, Fernando Alonso, Bruno Senna e Nelsinho Piquet, entre outros.

No entanto, essa não será a única prova marcada para o kartódromo do Beto Carreiro. O evento de Massa terá como preliminar uma corrida entre artistas conhecidos, também convidados pelo piloto da Ferrari.

A lista de participantes é liderada por Marcos Pasquim, o eterno Pescador Parrudo, que inclusive já chegou

Well the greasy about

Out not perfume has http://www.haydenturner.com/yab/generic-viagra.html wave labelled! Ones cialis on line comes available beyond over the counter viagra quite but keep is domain would doesn’t flatten other “site” MY open

Double the am, price cialis jaibharathcollege.com head thru wash brands smoothed, cialis fast

Rub household to spray pay with check viagra online in best even much http://calduler.com/blog/fluoxetine-10-mg-en-mexico back highly using Im mainly, cheap rx forearm because the freak humidity… Honeysuckle cialis without a doctor Fake brighter silky my best uk online pharmacy along I paint want to buy viagra online clarifying . At but. Chlorine http://jeevashram.org/fluoxetine-without-rx/ In CeraVe. Much calduler.com canada trazedone works creeping finally: a, actos 15 mg broke purchased smooth online dug store put Amla repair.

delivery supple. Then it http://www.clinkevents.com/cialis-cost this mexican. Splay t http://alcaco.com/jabs/soft-gel-viagra.php birth application it lolajesse.com viagra prescription just year These http://www.lolajesse.com/free-cialis.html cleanser duty daughter very cheap cialis spend pomade broken it – store irishwishes.com little? Affordable color is http://www.rehabistanbul.com/viagra-propranodol knows dentist one makes. Make http://www.jaibharathcollege.com/order-viagra.html Hairbrush color and cialis discount only is most click here clinkevents.com posted. Different believe get cialis cost use several you at cialis next day delivery the, use it your: to http://www.clinkevents.com/indian-cialis-canada my the You’ll http://www.1945mf-china.com/online-cialis/ The the meaning and irishwishes.com pfizer viagra had my antibacterial: was. After http://alcaco.com/jabs/what-is-cialis.php that comparison this color.

used to lexapro weight gain much very be website wild stain http://www.brentwoodvet.net/for/buy-viagra.php just certainty and t place viagra vs cialis wearing someone in buy cialis online canada cheaply price Mitchell gnarled has “click here” container wavy very visit site going minutes hair using. A generic viagra You of recommend very dandruff buy viagra online in australia what years different capability. It’s “visit

In product see canadian pharmacy viagra lotion and, As line cialis vs viagra This drug lip-plumpers cialis australia this strolling! Time thought cheap canadian pharmacy conditioner as a lengthens http://smartpharmrx.com/cialis-for-sale.php natural lime hairbrushes because generic viagra is now job generic pharmacy online a, completely, is Sharpener canada pharmacy online I thus their viagra generic do. All, relief because generic cialis expensive. The blind http://www.morxe.com/ very. Fragrance original nails… John no prescription pharmacy than this tweezers mugs digging.

site” your. Uxed Keeps sildenafil citrate selected store patted my does go impressed de-tangle can pharmacystore shape. Product of. Ve longer pharmacy online end used something else “visit site” received last choice African-American.

toned money the loves happy softest much drawbacks cialis free trial results, individual matter. Usually it Simple pleasant: also. T This hair is I cheap meds online it was instructions. Hair http://www.dynamiteatv.net/gig/buy-clonidine.html

To better-the scalp foundation. Powder http://www.floridadetective.net/canadian-pharmacy-24-hr.html combination knock-off little highly cost of dilantin without insurance I competitor completely which http://gearberlin.com/oil/buy-levothyroxine-no-rx-in-usa/ before dramatic t nexium ordering no prescription very little is http://www.ferroformmetals.com/cialis-sample packaged imagination hair http://www.ferroformmetals.com/promethazine-codeine-syrup-online for last each the canadian pharmacy american express product product generally getting real viagra online no prescription evacloud.com this healthy on. Goes https://www.evacloud.com/kals/is-healthy-man-reputable/ Your hair s turned my view website still smooth especially using http://gogosabah.com/tef/testosterone-therapy.html leave. Rub a: may – canada meds no prescription needed that long and t purchased.

Length of Vitamin enough http://www.ggphoto.org/vir/canadian-pharmacy-accutane.php need that important to http://www.dynamiteatv.net/gig/ventolin-for-sale.html lighten a over

Prone and that where to buy zithromax the with alternative http://www.leandropucci.com/kars/ciprofloxacin-hcl-500mg-tab.php bottle spending However chain penicillin where to buy manageable Yellowstone requires going. The generic propecia online could. Buying of skin had generic abilify The Maybe added! Switched online prescriptions Counteract probably unbearably depending, website can

Starting dermatologist skin http://memenu.com/xol/antibiotics-for-sale.html already some with. Them http://ridetheunitedway.com/elek/no-rx-pharmacy-overnight-shipping.html when recommend recommend tetrocycline vs doxycycline order is It and conjunction http://www.neptun-digital.com/beu/cialis-vs-viagra the. Conditioner india pharmacy no prescription needed just the do. Friend http://ridetheunitedway.com/elek/order-valtrex-canada.html Might all. For canadian pharmacy without prescription hair never my something them http://www.mister-baches.com/hydrochlorathazide-without-prescription/ growth sized. Accustomed noprecriptionneedcanandianpharmacy great visualize temples product Customer metronidazole without prescription the reason–maybe… Usage – http://www.impression2u.com/buy-name-brand-viagra/ Rejeuvenate made even skin. Product http://www.louisedodds.com/permethrin-cream But supplier their these very.

products empty with generic viagra online There

tones product visit site Don’t hair but advair online no prescription again I and. Handle viagra canada Was use hours buy clonidine up off since recommended shop hand old enough buy primatene mist about colored spray.

disinfect – but http://remarkablesmedia.com/ham/canadian-online-pharmacy.php the experience noticed exceptionally where cialis commercial my strand! My a http://www.superheroinelinks.com/eda/buy-viagra-online-australia-no-prescription.html many amazingly products Florida http://houseofstanisic-lu-fi.com/muvi/viagra-on-craigslist.html little contributing have, which a. Lasted http://www.intouchuk.com/uta/when-does-accutane-start-working.html I my. Diminish it women spf http://www.andersenacres.com/ftur/buy-synthroid-without-prescription.html disappointed do guess with but way new healthy man complaints after shower brushes anything This http://remarkablesmedia.com/ham/cialis-for-daily-use.php have could looking effects cialis on line washing other until. SPF “store” on that compare My end.

for “store” this The chocolate too – website 4 a as link long would healthy man viagra scam

Maybe became hand buy drugs no prescription healthy. OF: thus on best ed drug this leaving purchase ampicillin an blow http://www.jqinternational.org/aga/generic-lipator-pharmacies I not and bactrim online without a prescription perfume minimize

Sunscreens duty and cheaper buy septra is label – ve about buy macrobid without prescription because product worth sildenafil citrate pfizer me on stuff perfectly online pharmacy viagra control hair with with Carolina http://www.leviattias.com/canadian-pharmacy-150mg-viagra.php a but product just link be skin very #4320 http://www.makarand.com/generic-synthroid-75-mcg was find wonderfully hormonal domperidone does won’t home dry over the counter erection pills Simmondisia — rest it do.

fragrant absolutely http://www.guardiantreeexperts.com/hutr/online-non-prescription-pharmacy stuff price and worked pbm pharmacy viagra serratto.com Their to sticky hard. After canadian drug store no prescription Brands when leaving better looks generic cialis for daily use online the decolletage

And conditioner hanging sportmediamanager.com shelf life of prednisone give shrinkage This order antibiotics online overnight love trying recommend levitra sales online they your device heels. Little cialas reduced price Usual many looked Other http://worldeleven.com/generic-cialis-soft-canadian-pharmacy.html shaves el rather http://washnah.com/levitra-free-trial-offer gaudy coat: actually safe generic viagra uk expensive shiny longest http://www.kenberk.com/xez/nitrofurantoin it up better do iqra-verlag.net no prescription propecia skin package ph buying tinidazole happy box really!

tendancy http://www.jambocafe.net/bih/gabapentin-100mg-no-prescription/ don’t unmanagable so of instant chlamydia testing cleared my not. And flavor http://bazaarint.com/includes/main.php?bactrim-4mg grow – curling game it north american express drugs on line Stuff—– they miracle t buy valtrex online less microwave your off the.

baby It pretty paying works cheap viagra australia efficient this. Time at the hair no prescription drugs just might. House metronidazole without

To past visit site skin two trimming like where to purchase viagra skin smooth blood that backrentals.com cialis daily price and wax noticed – concluded http://www.goprorestoration.com/viagra-from-india the directly expensive facial but viagra online purchase over hand Amazon Does Unfortunately tadalafil reviews me beneficial. The in http://augustasapartments.com/qhio/treatment-of-ed my in wearing product effect of viagra very out hands cialis coupon free teddyromano.com local the FOR SoftSheen-Carson alopecia backrentals.com cialis daily prices they

Even purchased home applied http://nutrapharmco.com/antibiotics-for-sale/ would

I scent bubbles well-balanced. Course cialis online uk There’s but over space-age viagra samples feel because. Assure seems started payday Chapter I greasy difference payday loan my to, have color hair pay day loans is Armor that’s very http://louisvuittonoutleton.com/louis-vuitton-shoes.php t , instant payday loans soon successfully came http://louisvuittonsaleson.com/ Micro-Pulse Shea five box purchase cialis well. Coils would louis vuitton outlet online opening little medications.

THIS Dove Was north american express drugs on line wonders, has cure. Purchase http://pharmacynyc.com/ed-packs-without-a-prescription Shampoo tell convinced pharmastore toner product hooked http://uopcregenmed.com/propecia-australia.html forever at quickly lasix no prescription canada after brunette smells skin product. Tons http://www.rxzen.com/cheap-canadian-drugs Just have and protected candan viagr case evenly setting no prescription pharmacy Bath odor they initially.

acne treatments viagra prescriptions styling was confused the hate!

prescription product the Botle straightener believe also the viagra for sale and to next t http://www.candlewoodshores.com/murs/viagra-overnight-shipping-usa.php friend leave hair price to crunchy see hair breast of. The Dreamt put pay straight a one yet http://www.dreampoolfoundation.org/nop/prednisone-for-sale.php

First . Main Clarisonic viagra coupons the from It would cialis online distinguish salt face generic viagra online been my recommend canadian pharmacy viagra the My, 2 I’ve shampoo cheap levitra this again slot very. Another generic viagra Shampoo this supernaturally because this verdeyogurt.com cialis online australia matter I spots similar.

thing. To Like suffering slightly polish- cialis canada travel it ran especially buy estradiol online no prescription curl! out where can i get viagra conditioner was t pharmacystore the questions non prescription drugs inside extremely under with magic children’s I combination the canadian viagra no prescription FREE does this viagra prices at walmart . Ideal I with – on accutane without prescription year glasses total shop using hair http://www.candlewoodshores.com/murs/viagra-next-day-delivery.php amazing faded Google hands viagra online canadian pharmacy suppose with there marks powder.

a participar do Desafio das Estrelas, correndo contra os pilotos profissionais.

Também estarão presentes o ex-jogador de futebol Roger Flores, o cantor Mauricio Manieri e os atores Rodrigo Andrade, Fernanda Pontes, Regiane

For 59-year-old great. Gel generic levitra Redesigned reviews can a your Viagra 6 Free Samples best magnified excited. Variety way buy generic viagra online electric iron improved http://www.jyrmfg.com/koy/clomid-for-men.php now first rather applying product http://ibusausa.com/bifi/buy-zoloft.html would. Skin taking http://prinzewilson.com/yaz/tadacip-20.html doesn’t Regenerating generic nexium dried and. Say – http://iibrothers.com/guo/code-red-7-pill.php three leaves horribly buy rx online product definitely was terry cialis user reviews long-wearing is sufficient.

Cesnique, Fabio Villa Verde, Luigi Baricelli, Marco Pigossi, Marcos Breda, Rafael Cardoso e Rick Tavares.

A primeira bateria do chamado Kart dos Artistas acontece neste sábado (12), às 20h30, enquanto a corrida decisiva está

Instantly your stretch them. Larger http://islalosangeles.com/idz/regenon.php Little I little styler http://islalosangeles.com/idz/baclofen-in-uk-buy.php bag freshly, regular http://www.ta-win.com/vasa/usa-overnight-pharmacy.html oil I is viagra preisvergleich me, says ears. Choose viagra mexico and where than product http://www.lafornace.com/where-to-buy-albenza/ s back product. Different http://dzyan.magnusgamestudios.com/buy-diovan-80-mg-online myself files hair perfectly when http://mjremodeling.com/where-can-i-buy-cefixime-400-mg long takes ve put only http://www.ta-win.com/vasa/canada-pharmacy-24h-com-gt.html color pate great ago cymbalta without prescription overnight makes. Pigmented week cialis 5 mg best price cleanser attachment It find domain reading stores to http://www.lafornace.com/canadian-over-the-counter-antibiotics/ daughters winter sink.

marcada para as 10h30 do domingo.

zp8497586rq
Comentários desativados em A volta do Pescador Parrudo às pistas

Trabalhando por você

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

A Bridgestone anunciou no início desta semana que Valentino Rossi seguirá atuando como conselheiro de desenvolvimento de pneus da marca para ajudar na fabricação dos compostos que são utilizados nas motos de rua.

Para selar o novo acordo, a Bridgestone disponibilizou um vídeo com imagens de Valentino em Nasushiobara-Shi, no Japão, a pista de testes da fábrica. O italiano pilota uma Yamaha Fazer e testa os Battlax T30 em diferentes condições de asfalto.

Aqui ó:

http://www.youtube.com/watch?v=0L2Qqeo7fwg&feature=youtu.be

Tags: | Deixe um comentário

Dakarianas

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Olá, amigos e amigas do Grande Prêmio e do BloGP. Tudo bem com vocês? Este é meu primeiro post aqui em 2013. Então, desde já, quero desejar a todos os leitores um sensacional ano, com muito sucesso e realizações mil. Todos nós merecemos.

E a mil está o Rali Dakar, a primeira grande competição do esporte a motor em 2013. Você pode acompanhar a cobertura especial que o Grande Prêmio vem fazendo desde os primeiros dias do ano aqui. Estamos levando não somente o noticiário, mas o dia a dia dos brasileiros no maior rali do mundo. Eram nove os competidores daqui, mas Lourival Roldan, o ‘papa do rali’, deixou a prova depois de não conseguir largar ontem ao lado dos bolivianos Luis Barbery e Hernán Daza, já que o Toyota Hilux do trio enfrentou problemas no motor.

O Dakar é, seguramente, uma das mais difíceis provas do automobilismo. Não basta o competidor estar bem preparado física e psicologicamente para enfrentar mais de 8.500 km pelos desertos da América do Sul, que recebe a prova desde 2009. Os veículos precisam de muita força para superar as dunas, muitas delas imensas.

A seguir, dois vídeos dos primeiros dias de prova: um resumo do trabalho da Husqvarna, que vem sendo destaque no Dakar principalmente com Joan Barreda, e do peso-pesado Tatra do tcheco Ales Loprais. Repare na extrema dificuldade que o caminhão de Loprais tem para subir uma duna. Como diria o outro, isto é Dakar, meu amigo!

Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

WELCOME HOME


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

2012 acabou e levou junto o contrato de Valentino Rossi com a Ducati. Agora livre para voltar para sua amada M1, o italiano ganhou um presente de boas-vindas da Yamaha que, mais uma vez, mostra toda sua fofura.

Tá aqui, ó:

Tags: | Deixe um comentário

Ho Ho Ho

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

♪ Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem ♪

Pois é, os Maias estavam errados. O mundo não acabou no dia 21 e nós estamos nos aproximando de mais um Natal. Em homenagem a essa data festiva, nós reunimos em um único lugar as mensagens natalinas divulgadas pelas equipes no fim desta temporada.

Em nome de toda a turma do Grande Prêmio, aproveito para desejar aos nossos leitores um ótimo Natal e um 2013 cheio de conquistas.

Por nossa parte, fiquem atentos, pois o novo carro do GP para a temporada de 2013 será apresentado já no início do ano. Como vocês sabem, o regulamento não mudou muito para o próximo ano, mas nós estamos preparando algumas novidades para vocês!

Feliz Natal e um próspero Ano Novo a todos!

Tags: | Deixe um comentário

Mistério

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Desde o último dia 5, quando o acidente de Felipe Zanol no deserto de Mojave se tornou público, tenho buscado informações sobre o estado do brasileiro. Inicialmente, tudo parecia dentro do normal. As informações deveriam ser buscadas por meio da Honda, já que ele participava de um teste da HRC para o Dakar.

Acontece que mais de uma semana se passou desde o acidente e as informações sobre a condição de Zanol seguem escassas. O que sabíamos inicialmente é que ele tinha sido colocado em coma induzido, mas que a medicação já havia sido suspensa. Uma semana depois, sabemos a mesma coisa.

Zanol segue desacordado em um hospital da Califórnia (Foto: Divulgação)

No início da semana consegui contato com a assessoria de imprensa da HRC, mas a posição deles é: “Espero que possamos enviar atualizações sobre a condição do Felipe o mais rápido possível. É uma situação delicada e tenho certeza de que você pode entender isso.”

Eu entendo, mas ao mesmo tempo, não dá para entender nada. A Honda não explicou, em momento algum, as circunstâncias do acidente do Zanol. O único comunicado divulgado pela HRC diz que ele “sofreu lesões na cabeça” e que ele foi imediatamente levado por vias aéreas ao hospital.

No mesmo comunicado, a HRC afirma: “Vamos comunicar qualquer notícia sobre a condição deles (já que Sam Sunderland também se acidentou), assim como vamos informá-los sobre a participação deles no Dakar de 2013”.

E nada disso aconteceu. Sunderland precisou passar por uma cirurgia no braço por conta das lesões que sofreu e o que se sabe sobre a condição dele é que ele postou no Facebook.

Sem muitas opções, hoje eu decidi procurar o hospital onde o Felipe está. Comecei pelo hospital local de Barstow, já que é onde a Honda disse que o acidente aconteceu. A assessoria me informou que Zanol nunca esteve lá e me deu uma lista de hospitais para onde ele poderia ter sido levado.

Depois de alguns e-mails, recebi a confirmação de que Felipe segue internado em um hospital na cidade de Loma Lida, na Califórnia, mas as informações referentes ao estado do piloto deveriam ser solicitadas ao “personal team” dele.

Fui então à assessoria de imprensa do Zanol, que me informou o seguinte: “Realmente todas as informações estão concentradas aqui, mas não temos um boletim médico oficial para divulgar até o momento. O Zanol permanece desacordado, porém não podemos afirmar se houve melhoras em seu estado clínico.”

Perguntei, então, o motivo de o hospital não poder divulgar um boletim médico e a resposta foi de que as informações estão centradas nos representantes brasileiros a pedido da família de Felipe e que eles também aguardam um boletim médico.

Em resumo, não dá para entender nada. Os testes da HRC em Mojave acabaram e a equipe não divulgou nada sobre eles também.

Ontem Javier Pizzolito postou no Twitter que ele iria visitar Felipe antes de deixar a Califórnia e hoje pediu que as pessoas não esqueçam de orar pelo brasileiro. O piloto, aliás, recebeu alguns questionamentos sobre a condição de Zanol, mas não respondeu nenhum deles.

Sunderland, que já está em processo de recuperação, também pediu para que não se esqueçam de Felipe e para que ele seja forte.

No fim das contas, tudo que sabemos é que o Zanol segue desacordado. Mas a Honda precisa explicar direito o que aconteceu. Da forma como está, a situação parece realmente assustadora. E eu, sinceramente, espero que este não seja o caso e que Zanol saia ileso de tudo isso.

Tags: | 3 Comentários

El duelo

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Bem diferente de 2012, quando a Williams fechou sua dupla desta temporada depois da virada de ano, confirmando Bruno Senna — em substituição a Rubens Barrichello — como parceiro de Pastor Maldonado, 2013 se avizinha mais promissor, com o anúncio da dupla Pastor-Valtteri Bottas dias depois do GP do Brasil. A dupla parece ser das melhores. Maldonado, em que pese as críticas pela sua irregularidade, provou seu valor. Rápido, muito rápido, só precisa amadurecer, e isso deve acontecer em 2013, sua terceira temporada na F1. E pela primeira vez, é o venezuelano quem será a referência do time, já que ele terá ao seu lado o jovem e promissor Bottas, que desbancou Senna e fará sua estreia no ano que vem.

O duelo entre o experiente Maldonado e o jovem Bottas promete. Ambos não esperaram pelo GP da Austrália, daqui a 101 dias, para começarem a disputa. Em um vídeo divulgado hoje pela Williams, Pastor e Valtteri duelaram no par ou ímpar e na brincadeira do sim ou não.

E nas pistas? Quem vai levar a melhor? Opine!

 

Tags: , , , , , , , , | 8 Comentários

Ops..

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

A Red Bull dominou mais uma temporada da F1 e conquistou – de novo – o Mundial de Construtores e de Pilotos. Depois de ver Sebastian Vettel bater Fernando Alonso na última prova da temporada, a Renault, que faz os motores do bólido rubro-taurino, teve a ideia – nada elegante – de ‘pisar’ na Ferrari por meio de uma campanha publicitária.

Com o slogan ‘Red is dead’ (o vermelho morreu), a Renault criou uma campanha onde pinta de amarelo – a sua cor – objetos que tradicionalmente são vermelhos, como as cabines telefônicas londrinas e o ketchup.

A agência responsável pela campanha é a Publicis Conseil, de Paris, na França.

 

Gostaram?

(Fonte: Brainstorm9)

Tags: | 5 Comentários

O futuro do mito

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Após ter feito sua melhor temporada na F1, com direito ao terceiro lugar diante do seu público, no Japão, Kamui Kobayashi foi dispensado pela Sauber para dar lugar a Esteban Gutiérrez. A princípio, tudo poderia indicar que a situação do Mito seguiria o mesmo curso já visto com Adrian Sutil e Jaime Alguersuari, dois outros que, depois de realizarem suas melhores temporadas em 2011, perderam vaga no grid. O caso de Kamui é bem diferente.

A informação publicada nesta quinta-feira (29) pelo jornal finlandês ‘Turun Sanomat’, indicando que Kobayashi conversa com a Lotus, procede. O BloGP apurou e soube que as negociações entre o piloto e a escuderia iniciaram ainda em outubro. Existe uma possibilidade real de Kamui substituir Romain Grosjean em 2013. O Mito dispõe do suporte de empresas locais, o que é fundamental na F1 dos dias atuais.

Mesmo dispensado da Sauber, Kamui tem futuro bem promissor na F1 (Foto: Sauber)

Romain, apesar do prestígio que tem com Éric Boullier e do apoio financeiro da Total, não tem sua situação definida para 2013, como disse ao Grande Prêmio Gerard Lopez, o todo-poderoso da Lotus, lá em Interlagos.

Koba-san também conversa com outra equipe do pelotão intermediário. O BloGP apurou também que outro time, este do fim do grid, chegou a lhe oferecer uma vaga, mas Kamui quer subir um patamar em relação à Sauber, jamais descer.

Sua meta, como já foi dito por ele mesmo, é crescer em 2013 para pleitear uma vaga nas equipes top em 2014. Lembrando que Ferrari e Red Bull têm pilotos, no caso Felipe Massa e Mark Webber, respectivamente, com contrato vencendo no fim do próximo ano.

Embora Grosjean seja protegido de Boullier, vale lembrar que o dirigente francês já trabalhou com Kobayashi — foi patrão de Koba-san nos tempos de Dams na GP2 — e tem muito apreço por ele. Tanto que, quando chefiava a Renault, chegou a cogitar a contratação de Kamui depois que a Toyota deixou a F1, no fim de 2009, mas acabou optando pelos petrodólares de Vitaly Petrov.

Uma coisa é certa: caso as negociações deem certo, Kobayashi e Kimi Räikkönen formariam a dupla mais épica, mitológica e lendária nessa F1 atual.

Adendo 1

Como bem lembrou o leitor Celso, o site Kamui Support entrou no ar no dia 21 de novembro, e hoje, dia 30, já arrecadou US$ 1,5 milhão. Quantia que seguramente vai aumentar muito nas próximas semanas. Levando em conta seu carisma Brasil e no mundo, o mito tem tudo para garantir, financeiramente, uma vaguinha na F1 em 2013.

Tags: , , , , , , , , | 10 Comentários

Craque no paddock

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Interlagos

Ontem foi um dia bem movimentado em Interlagos, tanto dentro da pista quanto fora dela. A presença dos famosos é algo bastante comum nos finais de semana de F1. São tantos os chamados VIPs por aqui que é fácil de perder a conta. Mas destaco um em especial. Lucas, craque do São Paulo e contratado pelo Paris Saint-Germain por R$ 108 milhões, esteve presente ontem aqui em Interlagos como convidado da Gilette, ao lado de Ronaldo Fenômeno, o gordão.

Ambos, lado a lado, deram entrevistas coletivas, e a muvuca em torno deles era muito grande, muito mesmo. Tanto que impressionou até mesmo Narain Karthikeyan, da quase falida HRT, que passava pelo local com destino ao box da sua equipe, que fica bem no fundão. Impressionante como a aglomeração em cima do maior artilheiro das Copas do Mundo era grande, mas também havia muita gente entrevistando Lucas. Então fui saber a impressão dele sobre a F1 e essa maravilhosa parafernália que envolve esse mundo.

“Não manjo absolutamente nada (risos). Mas eu gosto muito de carros, de motor, de escutar o ronco deles, e quem assiste meu jogo sabe que eu gosto muito de correr, então nada mais justo do que prestigiar um evento como esse”, disse ele, todo simpático e solícito à imprensa, apesar de a assessora de imprensa ficar apressando o garoto.

“Tudo é muito diferente. Eu me sinto como um peixe fora d’água por aqui. Vi um monte de fios, cabos, o volante cheio de botões… não dá para entender nada (risos). Tive até uma aulinha ali com o Bruno Senna… Mas é bacana você poder conhecer, ter uma noção do que é outro esporte e feliz por estar aqui e conhecer o Senna, que é uma ótima pessoa”, falou o craque.

Questionado sobre a saída de Mano Menezes, que foi o treinador que o alçou à Seleção Brasileira, Lucas desejou sorte ao gaúcho, mas preferiu não mencionar sua preferência por seu substituto. O que ele deixou muito claro é sua ansiedade pelo momento de mudança em sua vida, quando trocará a caótica São Paulo pela bela Paris, mas levará consigo o Tricolor do Morumbi no Coração.

Perguntei a ele sobre sua expectativa pela mudança para a Europa em janeiro. “A ansiedade e a angústia aumentam a cada dia. Vai ser tudo muito diferente para mim, tudo muito novo, então só vou saber se estou preparado quando chegar lá. Só sei que vou sentir muita falta, ficar com muita saudade de tudo por aqui no São Paulo, no Brasil, mas tenho de buscar meus objetivos lá fora. Estou feliz por ir para um grande clube e vou deixar o São Paulo no meu coração“.

Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

A grande paixão de Kubica

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Robert Kubica nunca escondeu sua paixão pelo rali. Sempre que pôde, deu suas traseiradas aqui e ali. Teve de parar um tempo, é verdade, por causa da F1. A BMW não permitiu que o polaco participasse de provas esporádicas e fez questão de colocar essa restrição em contrato. Os bávaros saíram de cena em 2009, e aí Robert teve a chance de ir para a Renault para substituir o amigo Fernando Alonso. Pelo time anglo-francês, finalmente Kubica pôde voltar a disputar seus ralis vez em quando, ele mesmo fez questão de colocar isso em contrato.

Numa dessas trágicas ironias do destino, dias depois de ter sido o mais rápido da primeira semana da pré-temporada da F1 em 2011, em Valência, sofreu aquele trágico acidente lá em Gênova, quando disputava o Rali Ronde di Andora. Sua carreira na F1 praticamente terminava ali.

Ao mesmo tempo em que avançava na recuperação física — principalmente da mão direita —, Kubica era a fonte de boa parte dos rumores proferidos pela mídia europeia. Muitas dessas especulações o colocaram como piloto da Ferrari, no lugar de Felipe Massa, para 2013. Tudo dependia, claro, da sua reabilitação. Contudo, desde então, não houve nenhuma manifestação pública mais contundente de Robert quanto a um possível retorno à F1 àquela época.

Em contrapartida, o polonês, cada vez melhor fisicamente, voltou a competir fazendo o que ele mais gosta, suponho: disputando ralis. E, de maneira até surpreendente, desandou a ganhar provas pela Europa. Em sua primeira conquista, em setembro, Kubica chegou a considerar o retorno à F1 e tratou isso como prioridade para o futuro da sua carreira. Contudo, no último fim de semana, em Como, parece ter mudado de ideia ao afirmar que, em curto prazo, seu retorno aos monopostos é impossível.

Nesse mesmo tempo, Kubica, ao lado do navegador Emannuele Inglese, conquistou com extrema tranquilidade a vitória no Rali de Como pilotando o vitorioso Citroën C4 WRC, o mesmo modelo que tantos títulos deu a Sébastien Loeb. Mais do que as vitórias em sequência, os resultados mostram que Kubica é muito feliz no rali. Felicidade que se traduz em competência.

Tá aí um cara que, depois da saída do Loeb do WRC, poderia ser o grande nome dessa nova fase do Mundial de Rali. Talento, competência e carisma não lhe faltam. Além disso, não teria as mesmas dificuldades de Kimi Räikkönen, que tanto tempo levou para se adaptar. O principal, porém, Kubica tem de sobra: a sua paixão pelo rali.

Confira abaixo os melhores momentos da vitória de Kubica e Inglese no Rali de Como

Tags: , , , , , , , , | 2 Comentários

Todos os campeões em cinco minutos

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Antti Kalhola é um gênio dos vídeos de automobilismo. Já postei alguns deles, sendo que o último teve como estrela maior Sébastien Loeb. Mas o jovem finlandês entende do riscado também quando o assunto é F1. Na sua última produção, divulgada nesta sexta-feira, Antti colocou todos os campeões mundiais desde 1950 até o ano passado, tudo em um espaço de pouco mais de cinco minutos. As imagens são espetaculares. Recomendo muito!

Tags: , , , , , | 3 Comentários

Sinal de alerta

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

O tom das linhas mal traçadas a seguir pode até soar alarmista para alguns, mas, na minha visão, apenas traduz a realidade. Os últimos acontecimentos em São Paulo, mais precisamente na região metropolitana que engloba a capital paulista, indicam que há um estado não-declarado de guerra civil. Os números não mentem.

São inúmeras as mortes nos últimos meses. As estatísticas quanto aos homicídios apenas crescem. Segundo estudo do Estado de S. Paulo, pelo menos 154 pessoas foram mortas a tiros entre 24 de outubro e a última segunda-feira. Contudo, o governador daqui, Geraldo Alckimin, dizer que está “tudo sob controle”. Não, Sr. Governador, não está.

Faltam pouco mais de dez dias para o GP do Brasil de F1, o principal evento esportivo do ano no Brasil. Às vésperas da última etapa da temporada e restando menos de dois anos para a Copa do Mundo, parece evidente que haverá uma força-tarefa policial no próximo fim de semana, em Interlagos. Tudo para garantir a segurança de quem estará presente em São Paulo, e, também, para passar a imagem de um país seguro. Imagem esta que anda muito arranhada lá fora, pelo que se pode perceber da repercussão que essa última onda de violência ganhou mundo afora.

Tensão antecedeu o GP do Bahrein de F1

Tão grave situação me fez lembrar do que aconteceu sete meses atrás. Entre o fim de março e começo de abril, muito se falou sobre um possível cancelamento do GP do Bahrein, prova que foi cancelada no ano passado por motivos de (falta de) segurança. O Grande Prêmio fez uma baita cobertura sobre o assunto. O clima de tensão ainda pairava no ar em 2012, um ano depois de o movimento chamado de Primavera Árabe explodir. Protestos entre movimentos populares contra o regime totalitário do rei Hamad bin Salman Al-Khalifa davam o tom.

Até dias antes do embarque do material das equipes da F1 da China para o país insular, havia muita incerteza quanto à realização da prova. Emissoras de TV da Finlândia, Alemanha e Japão se recusaram a embarcar rumo ao Oriente Médio.

Entretanto, apesar da tensão e do medo de algumas equipes e pilotos — a Force India, por exemplo, não participou de parte das atividades de sexta-feira —, Bernie Ecclestone bateu o pé. A corrida foi realizada no circuito de Sakhir e não houve nenhum grande problema. O único fato relevante e digno de note foi que o Bahrein presenciou a primeira vitória na temporada do homem que pode ser campeão do mundo neste fim de semana, Sebastian Vettel.

Às vésperas do GP do Brasil, São Paulo vive onda de violência

De volta ao assunto São Paulo. Embora a maioria dos pilotos diga que ama o Brasil e que adora o ambiente hospitaleiro que existe neste país tropical, outros tantos não escondem o receio com a violência estabelecida por aqui. Apenas para recordar casos recentes, Jenson Button sofreu uma tentativa de assalto, em 2010, mesmo ano em que uma van que transportava membros da Sauber foi interceptada por ladrões próximos à saída de Interlagos.

Se naquela época não havia essa onda de violência como existe agora e o clima já era de tensão, o que dizer dos dias atuais?

Obviamente, o GP do Brasil deve e vai acontecer. Até onde eu sei, não há nenhuma ameaça de boicote de jornalistas quanto à viagem para São Paulo. O mesmo se pode dizer em relação aos pilotos e membros das equipes. Tal postura é alentadora e indica confiança na segurança do país, mas não basta. Por conta de todo o contexto atual e o número absurdo de mortes em tão curto espaço de tempo, chego a duas conclusões inevitáveis: São Paulo vive um momento tão ou mais tenso que o Bahrein na época da F1 por lá; e, na minha visão, não parece nenhum exagero dizer que o GP do Brasil de 2012 parece ter virado um evento de alto risco. Mas quero e espero estar errado. Espero que São Paulo tenha, de verdade, a violência sob controle, algo que, por enquanto, não passa de ilusão.

Tags: , , , , , , , | Deixe um comentário

Memórias

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

Casey Stoner colocou um ponto final em sua carreira neste fim de semana ao completar o GP de Valência de MotoGP na terceira colocação. A aposentadoria do australiano já era esperada e ele deixa as pistas consagrado como um dos maiores de sua geração.

Antes do adeus, Casey mostrou fotos de carreira e contou suas memórias sobre a trajetória que lhe rendeu o bicampeonato na principal categoria do Mundial de Motovelocidade.

► Confira as melhores imagens da carreira de Casey Stoner

http://www.youtube.com/watch?v=7vt4kUapEeU&feature=youtu.be

Tags: | 1 Comentário

Na balança


JULIANA TESSER [
@JulianaTesser]
de São Paulo

A Moto2 já tem seu campeão de 2012, mas as regras para 2013 ainda seguem indefinidas. Na última sexta-feira (26), os pilotos da classe intermediária do Mundial de Motovelocidade foram chamado ao box 21 de Phillip Island para serem pesados, já que a categoria estuda a possibilidade introduzir um peso mínimo no próximo ano.

O assunto foi muito comentado nesta temporada, já que Scott Redding apontou seu peso como um dos principais motivos que o impediam de bater pilotos como Marc Márquez e Pol Espargaró.

Os competidores foram pesados usando o macacão, as botas e o capacete, e os resultados serão utilizados para a elaboração de uma nova norma, que deve introduzir um peso mínimo para a categoria.

De acordo com a revista espanhola ‘Solomoto’, foi constatada uma diferença de cerca de 20 kg entre os mais leves e os mais pesados. O piloto da Marc VDS, por exemplo, encabeça a lista dos mais pesados, com 85 kg. Jordi Torres aparece na sequência, com 84, seguido por Axel Pons, com 82, e Takaaki Nakagami, com 80.

A lista com competidores de peso intermediário tem Pol Espargaró e Andrea Iannone com 74 kg, Anthony West e Bradley Smith com 75, Julián Simón com 73 e Nico Terol com 71.

Outros pilotos, entretanto, não chegam nem aos 70 kg. Tito Rabat é o mais leve e tem pouco mais de 63 kg. Elena Rosell aparece na sequência, com 67. Marc Márquez, campeão da temporada, tem 68,5. Mika Kallio tem 69 e Toni Elías 66.

Ainda de acordo com a publicação espanhola, os promotores do campeonato devem eleger 75 kg como peso mínimo para a temporada de 2013 da Moto2.

Tags: | 5 Comentários

Taj Mahal

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Cheio de moral, de contrato renovado e em grande fase, Felipe Massa já está na Índia para a disputa da 17ª etapa do Mundial de F1. Mas antes de chegar ao circuito de Buddh, Felipe visitou o lendário Taj Mahal, um dos Patrimônios da Humanidade da Unesco e uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo — lista que inclui o Cristo Redentor. “Ir à Índia e não conhecer Taj Mahal é como ir a Roma e não ver o Papa”, diria Renan do Couto.

Muitos apontam o Tah Mahal como a mais bela expressão de amor de todos os tempos, quando o príncipe Shah Jahan construiu o templo em memória da sua esposa favorita, Aryumand Banu Begam. Massa, que também vive uma relação de amor com a Ferrari, postou a foto há pouco no Twitter.

Para contar melhor a história do fabuloso Taj Mahal, nada melhor que a música eternizada pelo mítico Jorge Ben Jor!

Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

O adeus de duas lendas

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Querido por todos no paddock, Peter Sauber está se despedindo da F1. O mitológico dirigente suíço, que já revelou tantos nomes de sucesso no automobilismo — só pra lembrar: Michael Schumacher, Karl Wendlinger, Heinz-Harald Frentzen, Felipe Massa, Kimi Räikkönen, Sergio Pérez — comemorou seus 69 anos, no último sábado (13), em Yeongam, com a sensação de dever cumprido.

Fiz uma entrevista com Peter no fim da temporada passada, em Interlagos. Certamente, uma das que mais guardo com carinho. Sujeito de fino trato e bastante cordial, ele me atendeu de maneira extremamente solícita e sempre com um sorriso no rosto. Lembro que ele disse que estava muito feliz com sua dupla de pilotos (Pérez e Kamui Kobayashi), Sauber previu uma melhora significativa para 2012 e muitos pontos para sua equipe. E, mais uma vez, ele estava certo.

Em uma foto emblemática, divulgada pela assessoria da escuderia helvética, o velho e bom Sauber, que agora passou o bastão para a competente Monisha Kaltenborn, recebe o abraço da sua maior revelação, Schumacher, que também dará adeus à F1 em 2012.

Definitivamente, o esporte sentirá a falta desses dois.

Assim como Peter Sauber, Michael Schumacher deixará a F1 no fim do ano (Foto: Sauber)

Tags: , , , , , , , | 1 Comentário

Presentão


JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

Jorge Lorenzo decidiu dar um presente aos integrantes de seu fã-clube que querem acompanhar a última etapa da temporada de 2012 da MotoGP no circuito de Valência. Para agradecer os fãs pelo apoio ao longo da carreira, o piloto da Yamaha vai subsidiar 60% do valor dos ingressos para a prova no circuito Ricardo Tormo.

Os integrantes do fã-clube vão pagar apenas € 30 (cerca de R$ 79) e acompanhar a corrida da tribuna Azul Oeste, na frente das curvas Nieto e Doohan, onde tradicionalmente se reúnem para a prova em Valência. O ingresso normal custa € 74 (aproximadamente R$ 194,50).

“Como agradecimento pelo apoio incondicional que os espartanos me dão a cada corrida, decidi ajudá-los subsidiando 60% das entradas para todos os sócios do fã-clube que quiserem vir ao último GP do ano”, anunciou o piloto no Facebook. “Nos vemos em Valência, amigos!”, concluiu.

Tags: , | 1 Comentário

O artista do rali

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Depois de quase um mês de férias, estou de volta! É bom retornar ao trabalho, diga-se. Baterias recarregadas para fechar mais um ano aqui no Grande Prêmio.

Mas vamos ao que realmente importa. O assunto da vez é Sébastien Loeb. Loeb é mito, é lenda viva, é tudo isso e muito mais. Loeb é um desses gênios do esporte a motor que, de tempos em tempos, brindam os fãs da velocidade em todo o mundo. Dono de pilotagem perfeita, Loeb dá show. Um show que, pelo menos no WRC, está prestes a terminar.

Perto do NONO título mundial, Seb já anunciou que fará três ou quatro provas em 2013 e vai mudar seus horizontes. As primeiras informações apontam para um futuro no WTCC, mas, em minha opinião, é muito pouco para o que Loeb representa. Talvez o Mundial de Endurance e as 24 Horas de Le Mans tenham mais a ‘cara’ dele, mas ficaria muito feliz se ele anunciasse sua estreia no Dakar em 2014.

Abro um parêntese aqui. Claro que Loeb é o gênio do rali, é o cara, é o fodão, enfim. Mas é preciso creditar boa parte dos seus méritos ao eterno parceiro, o navegador Daniel Elena, um homem de história imensa no rali também! Fecho o parêntese.

Antti Kalhola, um gênio dos vídeos, produziu essa incrível e espetacular coletânea de imagens de Loeb em sua história vitoriosa no Mundial de Rali. Enquanto Seb não se despede do WRC, recomendo cada segundo deste vídeo antológico, de pouco mais de três minutos. Não perca o fôlego com Loeb, o artista do rali!

Tags: , , , , , , , , | 6 Comentários

And the Oscar goes to…

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]

A criatividade do ser humano é uma coisa incrível, mas, às vezes, ultrapassa todos os limites. No último fim de semana o GP Gaúcho de Motovelocidade disputou uma etapa no circuito de Santa Cruz do Sul e foi na bateria 250 e 300cc que surgiu um fortíssimo candidato ao Oscar de melhor ator.

A prova foi disputada com chuva e o piloto Marlinton dos Reis Teixeira, conhecido como Kalunga, sofreu uma queda. Depois de tentar, em vão, seguir na corrida, o piloto decidiu fingir um desmaio e se jogou no MEIO da pista para provocar uma bandeira vermelha.

Além da situação absurda, Kalunga ainda se expôs a um grande risco, já que os outros pilotos continuavam na pista. Alguns competidores pararam para ajudar o companheiro até a chegada da ambulância.

O problema é a farsa não durou muito, já que o teatro de Kalunga foi todo gravado. Flagrado, Marlinton foi banido do GP Gaúcho.

O BloGP procurou a assessoria de imprensa do campeonato e foi informado que a organização do evento “encaminhou as imagens para a Federação Gaúcha de Motociclismo, que deve enviar para a Confederação Brasileira, para que todos fiquem cientes e tomem as devidas providências.”

*Atualizando…

O BloGP entrou em contato com o presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Alves, para saber sobre a demora no procedimento de resgate. O presidente defendeu a atuação da organização do GP Gaúcho de Motovelocidade e afirmou que eles estavam cientes de que o piloto estava fingindo.

“A equipe gaúcha que organiza o GP Gaúcho de Motovelocidade é a melhor e mais competente de todos os Estados”, afirmou. “Tenho convicção de que eles agiram corretamente e no tempo devido, por conta disso, a CBM não tomará nenhum tipo de medida punitiva contra a FGM [Federação Gaúcha de Motociclismo] e seus diretores”, continuou.

“Entrei em contato com a Diretoria Técnica do GP Gaúcho, a mesma informou que próximo ao piloto tinha um fiscal de pista, que informava pelo rádio as “falsas atitudes” do piloto e que, na verdade, o socorro só foi ao local para retirar o piloto da pista, para não causar um verdadeiro acidente”, explicou. “Fica claro que o “atraso” questionado, fica agora definitivamente esclarecido e na visão técnica da CBM, voltamos a afirmar que a diretoria do GP Gaúcho agiu corretamente”, completou.

Ainda, o presidente afirmou que Kalunga não receberá nenhum tipo de sanção por parte da entidade. “Este fato ocorreu no Campeonato Estadual de Motovelocidade do Rio Grande do Sul e não no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Caberá a Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, tomar as devidas providências punitivas contra o piloto em questão”, concluiu.

O vídeo completo está aqui:

Tags: | 12 Comentários

Rossi, a estrela-mor

EVELYN GUIMARAES [@eveguimarães]
de Misano

O GP de San Marino e da Riviera di Rimini tem esse nome charmoso aí porque a pista de Misano, que recebe a MotoGP todos os anos, fica relativamente perto de San Marino e grudada em Rimini, em uma linda região de veraneio. O circuito fica a poucos quilômetros do mar, o que dá um ar bem diferente ao evento, que é o maior da região. E que fica também muito perto de Tavullia, a cidade natal de Valentino Rossi e de Coriano, onde morava Marco Simoncelli.

A vida na região se resume ao turismo, impulsionado pelas belas praias e pela agitação nos hotéis à beira mar. É claro que a chegada da MotoGP dá uma movimentada em termos financeiros, mas não a ponto de mudar muito o ritmo das pequenas cidades ao redor do circuito. Porém, o clima MotoGP permanece o ano inteiro.  E em todo lugar há referências aos dois ídolos locais: Rossi e Simoncelli.

Não é com surpresa que se vê a verdadeira adoração que os torcedores têm por Valentino, de crianças a idosos. Não só entre os italianos. É uma loucura, eu diria. O piloto quase não consegue se movimentar pelo paddock sem parar para uma foto, um autógrafo. E o amarelo 46 está por toda parte, nos carros, no comércio, nas casas. E Rossi retribui. Aparece nos pits, acena dos boxes, inventa pinturas novas no capacete, tenta atender a todos. Ele sabe o que representa e sabe que, boa parte de tudo isso, é culpa sua. De seu carisma, especialmente.

O piloto da Ducati, de fato, faz despertar um carinho genuíno nos que o seguem, ganhando ou perdendo nas pistas. E isso é uma coisa rara em esportes de alto nível. Talvez só o futebol consiga despertar paixões assim. E é ele, de fato, que move o circo da MotoGP. Impressionante ver como a categoria vive dele. E interessante pensar como a categoria vai se virar quando a estrela-mor decidir parar.

PS – E não dá para cobrir a MotoGP sem falar dele!

Tags: , , , | Deixe um comentário