Nas livrarias

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Foi lançado esta semana o Museo Ducati Book, um livro assinado por Chris Jonnum, que leva para as páginas da publicação os 60 anos de história da tradicional marca italiana.

Jonnum se aliou ao fotógrafo Peter Harholdt para traçar um perfil das 25 melhores motos de corrida que estão expostas no museu da Ducati. O livro começa com a 1947 Ducati Cucciolo, um bicicleta motorizada, e termina com a GP10, a Desmosedici usada na temporada 2010 por Nicky Hayden. Também estão presentes a Ducati 900 Super Sport, que foi utilizada por Mike Hailwood em sua vitória em Isle of Man em 1978, e a Ducati 851, com que Raymond Roche conquistou o primeiro título da marca o Mundial de Superbike.

As fotos de Harholdt foram feitas em um estúdio especial, montado dentro de Borgo Panigale e traz detalhes dos motores, chassis, e outros componentes da moto. Jonnum, que atua como assessor de imprensa da equipe da MotoGP, explica a importância de cada um desses modelos para a história da companhia.

A publicação, que tem texto em inglês e italiano, pode ser adquirida pelo site: shop.ducati.com, em livrarias, ou pelo site da editora David Bull Publishing. O livro custa US$ 39,95 (cerca de R$ 78,70) ou € 32,90 na Europa (aproximadamente R$ 84,50).

Título: Museo Ducati
Subtítulo: Six Decades of Classic Motorcycles of the Official Ducati Museum
Autor: Chris Jonnum
Fotógrafo: Peter Harholdt
Formato: Capa dura, 144 páginas, texto em Inglês e Italiano
Fotos: 107 imagens coloridas
ISBN: 9781935007166

Tags:

Uma resposta para Nas livrarias

  1. ChristianS disse:

    Juliana, este não é um comentário sobre este post e nem desejo ve-lo aprovado como tal.
    É só para dizer que na materia deste sábado 16/3 do GP está escrito que a R1 é a versão de rua da M1… bem não é. São motos totalmente diferentes que compartilham alguns conceitos básicos como o motor 4 em linha, mas até aí até a Honda CBR 1000R também o utiliza. A última moto assim foi da Ducati com uma versão da desmodesci alguns anos atrás.
    Espero ter contribuido.
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.