Portas abertas

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Post curto porque o tempo é igualmente escasso. E não é que a Red Bull, depois de muito falar que conversaria com Mark Webber sobre seu futuro em agosto, durante as férias de verão, renovou seu contrato? Não foi uma surpresa, visto o belo desempenho que o australiano tem conseguido neste ano, andando até melhor que Sebastian Vettel e sendo um dos destaques da temporada. Vale lembrar que a Red Bull foi a primeira equipe a definir a sua dupla de pilotos para 2013, o que é sempre importante.

No meio das declarações comemorando e comentando a renovação de contrato com a “grande família” Red Bull, Webber disse algo importante: que, confirmando os rumores, conversou com a Ferrari, sim, mas que preferiu ficar onde está, até pelo fato de conhecer todo mundo e tal. E é aí onde entra o X da questão. Como fica a cabeça de Felipe Massa ao saber que sua equipe negociou com outro piloto para ocupar sua vaga no ano que vem?

Renovação de Webber com Red Bull pode ajudar Felipe a seguir em Maranello (Foto: Ferrari)

À parte disso tudo, aumentam muito as chances de Felipe seguir o caminho de Webber e renovar com a Ferrari pelo menos por mais um ano. O brasileiro tem potencial de sobra e mostrou, no GP da Inglaterra, que ainda é forte, combativo e tem muita lenha para queimar. Depois do bom quarto lugar em Silverstone, Massa ganhou ainda mais confiança, ainda mais porque sabe que só depende dele e dos resultados das próximas corridas a sua permanência em Maranello.

Stefano Domenicali disse que a Ferrari não tem pressa para definir o parceiro de Fernando Alonso para 2013. Muito provavelmente a cúpula do time italiano espera que Felipe repita, nas próximas etapas, o que fez em Silverstone. Se isso acontecer, é improvável que a Scuderia opte por outro piloto.

‘Checo’ Pérez parece ser carta fora do baralho, pelo menos para 2013. O próprio poderoso chefão Luca di Montezemolo já disse que o mexicano, embora seja bastante talentoso, ainda é verde para ocupar uma vaga de titular em Maranello. Aí, com Webber como grande ameaça ao seu lugar em 2013 com futuro já garantido, não parece haver nenhum outro piloto que possa colocar sua posição em xeque. Ou há?

Paul di Resta parece ser mesmo o homem para o futuro da Mercedes, já que vem sendo forjado pelo time alemão há muito tempo. No último domingo, Alonso e Lewis Hamilton trocaram capacetes, indicando que aquela ferrenha e histórica rivalidade de 2007, dos tempos de McLaren, ficou mesmo no passado. Mas daí ao espanhol aceitar dividir os boxes de uma equipe com Lewis, em seu último ano de contrato com Woking, vai um caminho enorme. Kamui Kobayashi seria um baita nome, mas quase impossível de ver o mito desembarcar em Maranello. Então tudo aponta mesmo para a permanência de Massa na Ferrari.

O leitor também acredita que Felipe vai ficar na Ferrari na próxima temporada? Opine!

Tags: , , , , , , , , ,

8 respostas para Portas abertas

  1. Fernando disse:

    Não tenho opinião formada. Vai depender dos resultados do Massa até o final da temporada. No momento, diria que as chances são boas. Mais pela conjuntura do que pelo desempenho de Massa, que tem sido muito ruim nas últimas temporadas.

  2. André disse:

    Kobayashi foi uma piada de mau gosto né?

  3. Pedro disse:

    A verdade é que não há realmente pilotos de ponta na F1 atual que já não estejam em equipes de ponta, casos de Vettel, Rosberg e Hamilton. No meu ponto de vista, seriam os únicos, além do Alonso, que possuem qualidades suficientes para desembarcarem em Maranello.
    Todos dentro da F1 sabem, inclusive quem conhece bem F1, que os carros da Ferrari sempre tiveram em seu desfavor a dificuldade de pilotagem, e isso nunca foi nenhum segredo. Para quem não entende muito, cito o exemplo claro de 2009 dos substitutos do Massa, inclusive Fisichella, que fazia um baita campeonato pela Force India, ou seja, pra pilotar uma Ferrari não pode ser qualquer um.
    Eu não sei exatamente o que houve com o Felipe de 2010 pra cá, mas acredito que os especilistas que falaram que ele voltaria a seu estado normal de atleta depois do acidente apenas esse ano, tinham razão.

  4. Ricardo Braga disse:

    Acho que a maioria dos times grandes manterão suas duplas de pilotos para o ano que vem, tendo apenas algumas ressalvas em relação a MCLAREN, MERCEDES, LOTUS e WILLIAMS, em que o HAMILTON está em seu último contrato com a MCLAREN e vem fazendo charme para renovar e o RON DENNIS já disse que ele vai ter que baixar o seu salário para que ocorra a renovação. Hoje o HAMILTON já considera uma ida para a LOTUS segundo os tabloides britanicos. A MERCEDES vai resolver tudo depois das férias de agosto em que irá decidir se o SCHUMACHER fica por mais um ano ou não, sendo que este não ficando, eles já tem o seu substituto ideal que é o PAUL DI RESTA. A LOTUS deve manter a mesma dupla como RED BULL e FERRARI, mas com a noticia que saiu hoje que caso o HAMILTON não fique na MCLAREN, ele considera muito pilotar a LOTUS no ano que vem, o que tiraria a vaga do GROSJEAN, uma vez que o RAIKKONEN é um dos sócios na equipe e muito mais regular que o Francês nas corridas que acaba cometendo erros por não controlar bem o seu ímpeto. Caso o GROSJEAN saia, para mim ele não ficaria sem cockpit para o ano que vem, pois mostrou ser muito rápido e hoje tem cotação na F1. Para finalizar tem a WILLIAMS, que sempre é uma incógnita, pois o FRANK WILLIAMS nunca se sabe o que passa em sua cabeça, se o talento é importante ou se o dinheiro é que vale a pena. Acho que o BRUNO SENNA e nem o MALDONADO estão garantidos ano que vem, pois pode haver a promoção do BOTTAS a titular no ano que vem, o que sobraria apenas uma vaga, o que pode ser do BRUNO ou do MALDONADO, dependendo da grana de quem levar mais. E nessa o Venezuelano levaria vantagem, pois o HUGO CHAVES rasgaria dinheiro para manter o seu conterrâneo por lá, sendo que os resultados do MALDONADO estão sendo melhores que do Brasileiros em termos de velocidade. Se o BRUNO conseguir virar o jogo agora a partir da segunda metade do campeonato, pode contar pontos a seu favor e quem sabe despertar os olhares de uma outra equipe como FORCE INDIA e SAUBER que hoje estão muito bem em relação à anos atrás.

  5. LUCA DE OLIVEIRA disse:

    A ferrari não pode continuar dando esmola para o Felipe Massa. Qualquer outra equipe já teria dispensado o piloto com performance igual.

  6. Pena que Robert Kubica sofreu aquele acidente de Rali, isso porque com certeza ele seria o substituto de Felipe Massa, e se ele renovar vai ser por falta de opção da Ferrari. Sendo que o Felipe Massa em 2013 continua como subalterno de Fernando Alonso.

  7. A chance de renovação é grande, só o fato da Ferrari estar “dando tempo ao tempo” é sinal claro que eles ainda esperam algo bom de Massa.É bom pra Ferrari, é bom pro Massa e melhor ainda pro Alonso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.