Espetacular

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Piloto, para correr no rali, seja de resistência ou de velocidade, tem que ser MUITO bom. Só não falo que tem que ser macho para andar de rali porque tá cheio de mulher que mandou muito bem, como a rainha Michèle Mouton no WRC, e também Jutta Kleinschmidt, campeã no Dakar. Mas é incrível ver a perícia desse povo ao passar por uma SS mítica como é Col de Turini, no Rali de Monte Carlo, em que pilotos e navegadores andam lado a lado com o precipício. Acompanhe esse vídeo incrível de Petter Solberg em 2001, ainda correndo pela Subaru.

Tags: , , , , , ,

12 respostas para Espetacular

  1. Alexandre Lourenço -SP disse:

    Absurdo total essa falta de segurança onde as pessoas praticamente ficam onde querem e correndo um baita risco de serem atropeladas ou então cairem precipício abaixo e sem falar nos carros e nas vans que estavam por um fio do carro, só piloto de rally mesmo pra sair dessa sem causar nenhum acidente serio e pelo visto acho que esse trecho deve ser uma tradição, depois ficam reclamando das pistas do nosso país!!!
    Acordem!!!!!

  2. Alexandre Lourenço -SP disse:

    Olha meu caro Paulo, essa é minha opinião e opinião nem sempre se discute, esse rally de Monte Carlo é uma estupidez, sei que esporte a motor é perigoso mas pelo menos em todos eles se garante o minimo de segurança a todos e um rally de tradição como esse deveria pelo menos dar o mímino de segurança e organização em respeito ao próprio evento.

    • Nando Sato disse:

      Tem medinho??? Vai andar de carrinho bate-bate no Play Center!!!

    • EduardoRS disse:

      Alexandre, todos os ralis são assim, não é só o de Monte Carlo. Isso é rali de velocidade, sempre foi, sempre será, em qualquer lugar do mundo. É completamente diferente de correr em autódromo, não dá pra comparar com “as pistas do nosso país” como vc diz. Esse vídeo também é de 11 anos atrás, hoje em dia há uma limitação maior para os locais de público, mas a essência é essa mesma.

  3. Mauro Rocha disse:

    Espetacular

  4. Takawara Nashiota disse:

    Interessante como a paisagem muda com o aumento da altitude! muito legal!

  5. Alexandre A.C. Resende disse:

    O pior é o piloto ter de estar preocupado com esse pessoal na beirada. É muito bacana até a hora em que morrerem pessoas, daí se preocupam, como sempre.
    Não se discute que o piloto seja fantástico, que o trecho seja emocionante, mas que o nível de segurança é muito baixo e o perigo não é somente de pilotos e navegadores, mas de muita gente que fica exposta nas laterais, para esses não deveriam estar tão expostos a tão baixa segurança assim.

  6. Luciano disse:

    É uma falta de responsabiolidade. Com uma saida de pista pode matar muitas pessoas, pois muitas estavam se expondo desnecessariamente. A organização da prova deveria demarcar os lugares onde as pessoas poderiam assistir. Não é correto expor o piloto de rally à estes condições, onde um acidente pode resultar na morte de espectadores.

  7. Alex R disse:

    Fernando,

    Se tu gostou desse video, então tu deveria assistir (se já não assistiu :P) esses dois aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=-R7ws741KpE
    http://www.youtube.com/watch?v=UXV3sEH7PU0

    No primeiro, o “Oh…… dear God” do co-piloto já resume tudo. :D
    Daí, caso tu fique maravilhado com a velocidade ABSURDA do BRILHANTE piloto Ari Vatanen para um trecho estreito e escorregadio como aquele, tem o segundo, onde a imagem da câmera está melhor e o trecho é maior. Enjoy it! :)

    • Alex R disse:

      Ah! Um detalhe: é interessante ouvir a quantidades de “maybe” que o co-piloto diz. Se com indicações de “maybe” o cara já pilota naquela velocidade, imagina tendo “for sure” :P hehehehehe… Abraços!

  8. Daniel C disse:

    Saindo um pouco do tema do post, mas ainda sobre o WRC. Não sei se a equipe do Grande Prêmio assistiu a nova transmissão pela Eurosport. Eu vi e me assustei com a qualidade, muito ruim.
    O narrador mal sabia pronunciar o nome dos pilotos. Em um momento chamou o português Armindo Araújo de Armindo Araio. Na transmissão só havia uma opção de câmera dentro do carro (do lado do passageiro, acima do porta-luvas). Não teve cronometragem “ao vivo”, apenas os tempos totais eram apresentados no fim da transmissão. Por exemplo, na Power Stage não mostraram os tempos dos pilotos, pra saber quem era mais rápido, quem estava em primeiro, o narrador apenas falava “Loeb foi mais rápido que fulano, ganhou os 3 pontos extras”. Mais nada.
    Excesso das imagens captadas pelo helicóptero em detrimento de mais câmeras no trajeto e nos carros. Mal falaram dos pilotos que estavam nas posições intermediárias, apenas dos 5 primeiros, e olha lá.
    Nas transmissões dos dias 2, 3 4 e 5 do rali, os 10 primeiros minutos eram destinados a repetição do que tinha acontecido no dia anterior. Sendo que a transmissão do dia que realmente interessava durava no máximo 15 minutos.

    Resumindo, a transmissão da Eurosport foi terrível, parece que não sabiam o que estavam fazendo.

    Só espero que tenha sido assim apenas nessa primeira transmissão, por tudo ter sido feito na ultima hora devido aos problemas com os antigos produtores. Mas se infelizmente continuar assim, os fãs do WRC vão penar esse ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.