Desprezível

FERNANDO SILVA [@Fernando_Silva7]
de Sumaré

Dias depois de Guilherme Spinelli e Youssef Haddad darem uma lição de esportividade, o Dakar viu outra face bem mais cruel e suja. Tudo aconteceu na última segunda-feira (9), oitava etapa do Dakar, entre as cidades chilenas de Copiapó e Antofagasta. Seria apenas mais uma especial duríssima no deserto do Atacama. Até que os competidores enfrentaram um verdadeiro lamaçal ainda no primeiro setor do estágio.

Alguns pilotos passaram sem problemas pela tal areia movediça do Atacama, caso de Marc Coma, Juan Pedrero Garcia, Jordi Viladoms e Felipe Zanol. Outros não tiveram a mesma sorte e lá ficaram atolados: Cyril Després, Paulo Gonçalves, Hélder Rodrigues, David Casteu e Gerard Farrés Guell.

A organização do Dakar entendeu que o trecho do lamaçal não estava previsto na planilha dos pilotos. Por essa razão, os competidores que por lá atolaram tiveram o tempo perdido naquele setor devolvido. Dessa forma, Després diminuiu a diferença para Coma. Os outros pilotos que atolaram no lamaçal também receberam a bonificação do Dakar.

Aí já é algo questionável, já que a bonificação é meio injusta com quem passou por ali ileso. Afinal, os problemas e as dificuldades são as mesmas para todos, alguns escapam, outros não. Mas esse nem é tanto o caso.

Ocorre que Després, preso ali naquele monte de lama, recebeu a ajuda do luso Gonçalves, que também ficou atolado no mesmo setor do francês. Graças à ajuda do português, Cyril conseguiu se recompor e teve condições de seguir rumo a Antofagasta. Mas ao invés do piloto retribuir a ajuda ao colega, Després simplesmente saiu em disparada, deixando ‘Speedy’ Gonçalves desesperado e com uma sensação de injustiça.

Sem pregar o ‘politicamente correto’, mas foi uma puta sacanagem. Não é a primeira vez que Després é envolvido em polêmicas e falta de espírito esportivo com os adversários. Ainda em 2009, no fim do Rali dos Sertões, o francês sequer cumprimentou o vencedor, Zé Hélio. O brasileiro não deixou por menos e disse que Cyril é o piloto “mais desprezível do mundo.”

O trocadilho, que empresta o título para o post, é inevitável, mas talvez não haja mesmo outra palavra para definir tal ato, pelo menos na minha opinião.

Ano passado, já no Dakar, Després viu Olivier Pain caído inconsciente, vítima de um acidente, mas não socorreu o compatriota. Coma, que ajudou Pain até a chegada do socorro médico, disparou contra o rival.

Veja as imagens da atitude de Després no lamaçal do Dakar e tirem suas próprias conclusões.

Tags: , , , , , , ,

19 respostas para Desprezível

  1. Eduardo disse:

    Existe palavra melhor que “filho da p***” para descrever o que esse cara é?!?!

  2. Vitor Saiki disse:

    Després ridículo, como sempre.

    A Monster devia aproveitar o ocorrido para exaltar a postura do Gonçalves contra a escrotisse do “taurino” francês haha.

  3. Jorge Roberto Alves Pereira - @jorgekart59 disse:

    Mas este Després é um F.D.P. mesmo. Vai passar para a História, como o Piloto de Rally + F.D.P. que já existiu. A frança teve ases como Richard Sainct, Ciril Neveu e Didier Auriol, agora tem este bosta do Després. DESPRESÍVEL.

  4. Wallace disse:

    Escreve aí, nas próximas vai se virar sozinho. Ninguém vai mais ajudar esse deputado do motocilismo, parece que fez estágio em brasilia a capital dos desonestos. Mas ele vai colher o que planta, o tempo dirá. Mas que é um bom FDP isso é.

  5. Gabriel Souza disse:

    Patolino não aprovaria essa atitude. E diria para ele: “Você é desprezível!” (com “babinhas” e tudo).

    Sério, Després foi muito sacana.

    Abraço!

  6. Dionisio disse:

    Existem as pessoas e existe a gentalha ! Um dia ele recebe o dele…

  7. Leo NIshihata disse:

    Em 2006, o Despres veio disputar o Sertões no Brasil. Ficou hospedado (HOSPEDADO) na casa do Jean Azevedo. Durante a corrida, o Jean bateu forte e desmaiou. Despres passou por ele (DESMAIADO) e nem parou, nem ligou. É um cara 100% sujo.

  8. luiz carlos disse:

    Mas que FDP!!!!!!!!!

    Alguém devia quebrar-lhe os dentes!!!!

    Espero que os demais competidores se conscientizem no sentido de pisar no pescoço desse escroto quando ele tiver caído!!!!!!

  9. Bernardo disse:

    O patrocinador desse cara deveria ver isso…. e pensar se quer sua marca associada a um sem vergonha desses…..

  10. Maurício Freitas disse:

    Tenho cá minhas dúvidas se vale a pena patrocinar um sujeito desses. Os comentários sobre ele no site da Red Bull não são nada lisonjeiros:

    http://www.redbull.com/cs/Satellite/en_INT/Article/Cyril-Despres-Blog-Dakar-Rally-Get-Ready-021243147281369

  11. Rodrigo disse:

    DESPRÉS-ÍVEL

  12. Bruno Abila disse:

    A Red Bull deveria cortar o patrocinio a esse cara.

    Os unicos patrocinios que cairiam bem pra ele seriam do “Pica-Pau” ou “Pernalonga”.

  13. Pingback: Anônimo

  14. André disse:

    Hahahaha, Despres idolo!!

  15. Luís Almeida disse:

    E sabem que o português que ajudou o Depress, Paulo Gonçalves, foi penalizado em seis horas porque terá recebido ajuda do público nessa ocasião? E que depois do Paulo Gonçalves ter caido, quando outros concorrentes se aproximavam, ele os avisou para evitarem aquele local, para o mesmo não lhes acontecer?
    É que se o Dupress tivesse feito o mesmo o Paulo nem lá teria caído.

  16. hugh disse:

    Ele caminha para ser campeão desse ano, mas um campeão sem grandeza e sem espírito esportivo nunca será um verdadeiro campeão…constrangedor!

  17. Alexandre disse:

    É uma vergonha para uma grande empresa chamada Red Bull Patrocinar um escroto desse tipo…

  18. Pingback: Després conquista tetra do Dakar em meio a polêmicas. Zanol é décimo « Ação e Velocidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.