As palavras da JL

JULIANA TESSER [@JulianaTesser]
de São Paulo

Na tarde desta segunda-feira (4) o Grande Prêmio entrou em contato com Zeca Giaffone, diretor da JL, a empresa que é responsável pelos carros e motores utilizados na Stock Car, para obter mais informações sobre o que teria causado o incêndio no carro de Tuka Rocha na etapa do Rio de Janeiro, realizada ontem (3) no autódromo de Jacarepaguá.

Zeca afirmou que no final do dia de hoje a JL emitirá um comunicado à imprensa falando sobre os resultados da investigação. Giaffone não quis adiantar nenhuma informação, mas quando perguntado se foi surpreendido pela velocidade e as proporções do incêndio no carro da Vogel disse que um estudo mais aprofundado ainda será necessário.

“Na verdade a gente tem que entender certinho o que pegou fogo para saber o motivo de ter pegado tanto fogo daquele jeito”, afirmou o diretor da JL. “Então sem a gente ter um estudo legal, sem saber exatamente o que ocorreu, é difícil falar qualquer coisa”, finalizou.

Tags: , , ,

4 respostas para As palavras da JL

  1. Diogo disse:

    Enquanto o Zeca não “entende direitinho”, os pilotos continuam correndo…

  2. Victor disse:

    Enquanto eles não fazem um ‘estudo legal’, os pilotos continuam correndo riscos. E lá em casa…

  3. André disse:

    Pensei que ele é quem fosse ligar para gritar com o FG. Ai meus tubos.

  4. juka disse:

    Cara…te considero pra caramba….mais vou te pedir uma coisa….o Tuca eh um bom piloto…sacanagem o que fizeram de ir atras do patrocinio dele….mais vai mais fundo nesse caso de patrocinio no automobilismo brasileiro….se vc fizer isso vai DESCOBRIR TANTA COISA…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.